quarta-feira, fevereiro 16, 2011

Torneio de Personagens de BD Europeia: Grupo I





Laureline

A história de Valérian o agente espácio-temporal ("Valérian et Laureline") é da autoria de Pierre Christin e Jean-Claude Mézières e foi publicada pela primeira vez em 1967.
A história aborda uma organização no séc. 28 que tem a responsabilidade de proteger o universo de paradoxos temporais, pois no séc. 28 a viagem no tempo é possível e não são poucos aqueles que estão dispostos a usá-la para atingir os seus objectivos.
Laureline é a parceira da personagem principal, Valérian. Ao contrário do seu companheiro de aventuras, não nasceu no séc. 28 mas sim na França do séc. 11. Foi durante uma missão que Valérian travou conhecimento com esta ruiva sedutora. Ao ser salvo e descoberto por ela, trouxe-a consigo para o futuro onde treinou para se tornar também numa agente espácio-temporal.
É uma das personagens femininas mais populares da BD de ficção-científica.




John Blacksad


O mítico gato detective da autoria de Juan Díaz Canales e Juanjo Guarnido.
Falei do primeiro livro "Algures entre as Sombras" aqui.
Só me falta ler o 4º e mais recente volume desta saga. Dos outros três posso dizer que valem bem a pena. Os desenhos de Guarnido são o ponto mais forte da obra, absolutamente geniais. Mas a história também é muito interessante, sendo a menos conseguida a do primeiro volume, mas que funciona muito bem a apresentar as personagens.
O 2º, "Artic Nation" é provavelmente o meu favorito em termos de argumento. Neste o conceito de racismo é explorado nos animais, usando também a separação pela cor do pêlo (neste caso) entre os brancos e os outros. No entanto muitos animais têm a possibilidade de ter mais do que uma cor e isso é usado de forma bastante engraçada na história.
Mítica a cena em que Blacksad é expulso de um café por não ser branco. Com o seu típico ar de gozo aponta para os pelinhos brancos que tem no queixo e profere "Então isto não chega?".





Sire Vampire Cryptus



Cryptus é um Lorde Vampiro da saga "Requiem Vampire Knight", a qual falei aqui.
Como explico nesse texto, aqueles que vão para aquele "Inferno" reencarnam em diferentes "monstros" consoante o tipo de atrocidades que cometeram em vida. Os mais cruéis e vis são transformados em Vampiros, a raça que domina esse planeta infernal que dá pelo nome de "Ressurection".
Neste Inferno as coisas parecem funcionar ao contrário da Terra, o próprio tempo move-se na direcção oposta e por isso todos (ou quase todos) rejuvenescem com o passar dos dias, até se tornarem em fetos e desaparecerem. Vlad o rei dos vampiros descobriu uma forma de ele e aqueles que quiser não rejuvenescerem, reinando juntos em Ressurection para sempre.
Lorde Cryptus não é um dos vampiros que beneficia dessa dádiva e encontra-se já num estágio de infância muito avançado. É também o responsável por treinar cavaleiros vampiros em troca da alma dos mesmos.
É um ser terrivelmente maligno e ambicioso, cujos gostos são de um requinte do mais macabro possível. Cada vez mais perto do fim o medo de desaparecer assombra-o e por isso aliado a Black Sabbath (Aleister Crowley) planeia destronar Vlad e governar em seu lugar.
Um aparte Sabbath parece ser também uma das personagens mais interessantes da obra, mas ainda foi pouco desenvolvido na parte em que vou (que é praticamente no início).






Tintin

Tintin é sem dúvida alguma uma das personagens mais populares da BD francófona. O homem que pisou a lua antes de Armstrong.
Trata-se do famoso repórter/detective de Hergé e data de 1929. Foi baseado em Totor um escuteiro criado pelo mesmo autor e que foi publicado entre 1926-1929.
Pouco ou nada se sabe do passado desta personagem. Nunca lhe conhecemos um familiar, nem nunca é dito que é órfão. Não sabemos se Tintin é o seu nome verdadeiro ou o pseudónimo que usa como escritor. A sua idade é também outro mistério.
No entanto é um rapaz corajoso e inteligente. Acompanhado sempre do seu fiel cão Milu e dos seus grandes amigos, onde se inclui o divertido Capitão Haddock.
Este ano preparem-se para a adaptação de Tintin ao grande ecrã pelas mãos do, não menos conhecido, Steven Spielberg. Certamente que graças a isto os eu nome voltará a estar em destaque.
Actualmente a ASA anda a reeditar a sua obra, porém em livros de tamanho menos aos originais e típicos francó-belgas.


Nota: Algumas informações foram retirados do site da wikipédia.

6 comentários:

ArmPauloFer disse...

Por desconhecer os outros, é o Tintin o meu eleito, deste round.

Bongop disse...

Laureline
:P

Abraço

Gema disse...

Tintin pelos mesmos motivos apontados pelo ArmPauloFer :P

Loot disse...

O Tintin é o grande favorito. Curiosamente é dos que conheço pior.

Já não me recordo, mas não devia haver Tintin na biblioteca da escola, pois eu só me lembro de ler Lucky Luke, Astérix, Spirou.

Depois com o passar do tempo acabei por não lhe pegar. É uma daquelas falhas tremendas.

Vi foi alguns eps dos desenhos animados.

tadeu disse...

ola loot
novo torneio para apreciar. aqui, apesar de conhecer algumas imagens, é universo que raramente navego.
pode ser que encontre algo que desperte a curiosidade com a mesma intensidade quando descobri a bd yankee.

que não te soe repetitivo mas...parabéns pela iniciativa!

Loot disse...

Apesar de ler todos os géneros de BD aquela que conheço melhor é a oriunda dos USA.

Nesse sentido o torneio não será tão completo como o anterior :P

Muito obrigado, os elogios quando são sinceros dificilmente cansam :P
É sempre bom saber que alguém está a gostar.

Abraço