segunda-feira, fevereiro 25, 2008

Influências/Semelhanças #9

Este segmento corresponde ao segundo bloco sobre os Speedsters, ou seja, indivíduos que possuem o poder da super-velocidade. E será sobre os Speedsters da "Idade de Prata" da BD (1950s-1970s).
Para ter uma melhor percepção sobre algumas características aqui mencionadas é aconselhada a leitura do primeiro segmento sobre os speedsters da "Idade de Ouro" (1930s-1950s), para isso cliquem aqui.


The Flash II

Surgiu em 1956 e foi criado por Gardner Fox, Bob Kanigher e Carmine Infantino.
Apesar de Jay Garrick (ver speedsters da "idade de ouro") ter sido criado antes, foi Barry Allen quem imortalizou a imagem do Flash, tal como o conhecemos hoje em dia. Um factor que também contribuiu para isso foi a série de televisão "The Flash" de 1990.
Barry Allen era um cientista policial que ironicamente era uma pessoa demorada e que se encontrava constantemente atrasado. Tudo isso ia mudar no dia em que um raio atingiu uma data de químicos, atirando-os para cima de Barry e concedendo-lhe o poder de super-velocidade.
Barry Allen tornou-se um Flash mais rápido do que Jay Garrick e usou os seus poderes de uma forma mais variada.
No planeta de Barry (Terra 1), Jay Garrick era uma personagem de BD na qual ele se baseou para ser um super herói. Anos mais tarde foi Barry quem descobriu que existiam outros universos paralelos, quando acidentalmente entrou num deles (quando atinge velocidades superiores às da luz consegue viajar no tempo ou entre universos). Num desses universos mais especificamente na Terra 2 descobriu que Jay Garrick existia.
Na saga Crisis on Infinite Earth, escrita por Marv Wolfman, Barry foi raptado pelo Anti-Monitor e aparentemente morreu a tentar salvar o Universo, sim porque as mortes em BD são quase sempre aparentes e o autor desta obra sempre disse que tinha deixado uma forma de trazer Barry de volta.
Mais uma vez o Flash é capaz de viajar no tempo, quando atinge determinadas velocidades, tais como ultrapassar a velocidade da luz. Devido a esta capacidade Barry viveu com Iris West no século XXX durante uns tempos, onde a engravidou. Por isso apesar de ter voltado ao presente para combater o Anti-Monitor e aí ter perdido a vida, no século XXX Barry teve dois filhos que seriam conhecidos como os Tornado Twins, que graças ao código genético do pai, herdaram a sua super-velocidade.
Barry também é capaz de vibrar a grandes velocidades atravessando matéria sólida e é um dos fundadores originais da Justice League of America.



Kid Flash/ The Flash III


Wally West surgiu nos comics pela primeira vez em 1959 e foi criado por John Broome e Carmine Infantino.
É sobrinho de Iris West e Barry Allen e sempre teve o sonho de se tornar o Flash. Quando tinha 10 anos foi visitar o seu tio ao laboratório. Por ironia do destino ou simplesmente falta de inpiração o acidente que concedeu os poderes a Barry repetiu-se nesse dia com Wally West, que com apenas 10 anos ganhou, de um dia para outro, o poder da super velocidade.
Assumiu o título de Kid Flash (ver imagem à direita) e foi um dos membros fundadores dos Teen Titans.
Passado alguns anos os seus poderes começaram a falhar e a sua utilização tornou-se prejudicial à sua saúde, por isso Wally decidiu que era altura de se afastar da vida de Super Herói. Isto aconteceu até ao dia em que os seus serviços foram novamente necessários, durante a saga épica Crisis on Infinite Earth. Foi durante esta saga que Barry Allen morreu e por isso coube a Wally West assumir o legado do Flash. Felizmente Wally ficou curado quando exposto a determinadas energias durante a Crisis on Infinite Earth, mas os seus poderes ficaram reduzidos e sempre que os usava necessitava de grandes quantidades de comida devido ao enorme desgaste do seu metabolismo. Durante uns tempos Wally esteve longe das grandes velocidades atingidas pelo seu tio, mesmo assim foi capaz de empatar com o Superman numa corrida, nestas condições.
Eventualmente Wally atingiu todo o seu potencial acedendo totalmente à speed force e descobrindo novas formas de usar o seu poder, como por exemplo a habilidade de fornecer e roubar velocidade a pessoas ou objectos ou a capacidade de se curar mais depressa, aumentando a velocidade do seu sistema imunitário.
Wally tornou-se assim não só o mais poderoso Speedster do universo DC, como o que usava os seus poderes de velocidade da forma mais variada.
Wally é também capaz de vibrar as suas moléculas de forma a conseguir atravessar objectos, mais tarde essa habilidade alterou-se e quando os atravessava carregava-os de energia cinética fazendo-os explodir. É capaz de criar tufões rodando os braços ou correndo em círculos e é capaz de quebrar as leis da gravidade, mantendo-se no ar se correr a uma grande velocidade numa superfície vertical.



Professor Zoom

Eobard Thawne é o segundo personagem da DC a assumir o título de Reverse Flash quando surgiu em 1963. Foi criado por John Broome e por Carmine Infantino.
Eobard era um criminoso do século XXV cuja vida foi para sempre alterada no dia em que encontrou uma cápsula que continha o fato de Barry Allen (Flash II). Utilizou uma máquina para amplificar a energia do Flash contida no fato, para que assim, sempre que o vestisse tivesse a capacidade de se mover a super velocidade. Durante o processo o fato alterou-se ficando com as cores ao contrário, o uniforme por qual são conhecidos os Reverse Flash.
Os Speedsters que acedem à Speed Force possuem uma aura que os protege da friccção do ar. Barry baseou-se nesta particularidade para vencer Eobard uma vez que os seus poderes não são naturalmente seus, mas provenientes do fato.
Para se vingar Eobarn viaja atrás no tempo para se vingar. Mais tarde ficou obcecado em substituir Barry, não só na sua vida como Flash, mas também na sua vida como marido de Iris West. No entanto o coração de Iris pertence apenas a um homem e por isso Eobard mata-a brutalmente vibrando a sua mão para dentro da sua cabeça.
Quando Barry encontrou novamente o amor, Eobard regressa para mais uma vez repetir o que fez no passado. Receoso que a sua segunda mulher fosse morta à semelhança da primeira, Barry parte o pescoço de Eobard, matando-o.
Mais tarde Barry descobre que Iris West era na verdade uma criança do século XXX que foi enviada para viver no presente. Decidido a recuperar o amor da sua vida, viaja até ao futuro, para lá viver com a sua mulher.



Quicksilver

Criado pela dupla maravilha, Stan Lee e Jack Kirby, Quicksilver estreou-se no mundo da banda desenhada em 1964.
Pietro Django Maximoff é irmão gémeo de Wanda Maximoff, mais conhecida por Scarlet Witch, e filho de Magneto, o mestre do magnetismo e eterno vilão dos X-Men.
Magda (a mulher de Magneto), escondeu-se do seu marido na Roménia, onde morreu ao dar à luz os gémeos. Pietro e Wanda são assim criados por Django Maximoff, sem nunca saberem a verdadeira identidade do seu pai.
Anos mais tarde, durante uma manifestação pública dos seus poderes mutantes são atacados por um grupo de pessoas e salvos por Magneto que desconhecendo também a identidade dos filhos os convence a juntarem-se à sua Brotherhood of Evil Mutants. Como forma de agradecimento os gémeos aceitam, se bem que só o facto de este grupo ter evil no nome já devia dar a entender que não se tratam de pessoas com intenções muito amigáveis.
Felizmente acabam por deixar o grupo de Magneto e aliam-se aos Avengers liderados pelo Captain America.
Eventualmente Magneto descobre a sua relação com Pietro e conta-lhe a verdade.
O poder mutante de Pietro é o da super-velocidade, mas com o passar dos anos o personagem foi sofrendo algumas alterações. Em primeiro lugar conseguia apenas atingir a velocidade do som, mas graças à exposição do "Isótopo E" do High Evolutionary, a sua velocidade quintiplicou.
Após os acontecimentos da saga House of M, grande parte dos mutantes perderam os seus poderes, Pietro foi um deles, mas graças às Terrigen Mists voltou a possuir poderes sobre-humanos. Actualmente é capaz de vibrar os seus átomos a uma velocidade superior à da luz sendo capaz de viajar no tempo. É capaz de trazer matéria inanimada do futuro, mas esta é uma habilidade que tem provado ser prejudicial à sua saúde. Com treino conseguiu aprender a viajar somente poucos segundos no futuro criando assim um enorme número de "duplos temporais".
Após um grande período de exposição às Terrigen Mists, colocou cristais de Terrigen no seu peito ganhando a habilidade de restaurar os poderes dos mutantes que os haviam perdido na saga House of M.
A palavra quicksilver significa mercúrio (o elemento químico), tratando-se de uma referência ao deus Romano da velocidade, Mercúrio.



Whizzer II/III

A Marvel voltou a usar o título de Whizzer na "Idade de Prata" quando criou o grupo de supervilões o Squadron Sinister. Este grupo fez a sua primeira aparição em 1969 e consistiam num grupo de super vilões que tinham sido reunidos pelo Grandmaster para combater com outro grupo reunido por Kang, os Avengers. A este grupo pertencia James Sanders um homem cujo poder era o da super-velocidade e cujo nome adoptado foi o de Whizzer. Foi criado por Roy Thomas e Sal Buscema. Mais tarde alterou o seu nome para Speed Demon.
Em 1971 surgiu um novo Whizzer, Stanley Stewart (ilustrado na imagem). Stanley pertence a um Universo paralelo da Marvel e certo dia ao atravessar um nevoeiro luminiscente, ganhou o poder da super-velocidade. Mais tarde alia-se ao grupo Squadron Supreme, que se viria a descobrir ter sido o grupo em que Grandmaster se baseou para criar os Squadron Sinister.
Foi criado por Roy Thomas e John Buscema.


Nota: Algumas informações como por exemplo as datas foram retirados do site da wikipédia.

8 comentários:

inês disse...

Não são todos iguais? assim à primeira vista parecem...

Já agora quiksilver faz-me lembrar surf :p, LOOT quando quiseres uma aulinha é só dizeres...

looT disse...

São semelhantes e alguns influenciaram a criação de outros e pro essas razões é que falo deles. Claro que neste caso é pior porque temos muitos Flash e muitos personagens que giram à sua volta.

Falta-me o fato, de resto é só combinarmos :)

bjs

Anónimo disse...

"a série de televisão "The Flash" de 1990."

Bons tempos,a proposito fala-se que o Barry pode voltar ao udc na Final Crisis.

GRIMLOCK

looT disse...

Não estou muito a par dos acontecimentos mais recentes mas o Wally já voltou não foi? Parece que o Bart não conseguiu "substituí-lo" ele já tinha um legado muito pesado.

Quanto ao Barry espero bem que sim, gostava bastante de ver o seu regresso.

Abraço

Anónimo disse...

Sim o wally ja voltou o "novo" Flash foi um flop de vendas,mas é DC,por isso é normal.

Grimlock

looT disse...

Se passas muito tempo a ler um personagem e de repente trocam-to, o substituto tem de ser realmente bom se não arriscam-se a ter um desastre de vendas.

Abraço

maurobindo disse...

Mais uma análise da influências/semelhanças do best!
Curto mesmo à brava ler estas cenas, pois na grande maioria das vezes não conheço os personagens como deve de ser ou nem sequer ouvi falar deles anteriormente.

looT disse...

Obrigado ;)

Agora já ando um bocado cansado dos speedsters pois ando com ideias novas e ainda falta um bloco o da idade moderna.

Abraço