quarta-feira, junho 18, 2008

The Curious Case of Benjamin Button - Trailer


O trailer deste filme já andava a circular mas apenas na versão espanhola, por isso andava à espera que a versão original estivesse finalmente disponível para colocar aqui.
Não há muito a dizer, estamos a falar do excelente realizador David Fyncher, do excelente actor Brad Pitt e da obra de F. Scott Fitzgerald.
Muitas vezes falam-se de relações produtivas entre um actor e um realizador e esta para mim não deve ser esquecida, sempre que Fincher e Pitt trabalharam juntos, grandes obras foram criadas, como "Fight Club" e "Seven".
Mas a verdade é que o trailer fala por si, nesta amostra aparenta ser deslumbrante.
Para ver o trailer em quicktime cliquem aqui.

13 comentários:

Anita :) disse...

e, o natal ainda tão longe:)
parece de facto ser muito promissor...tanto a nível de realizador. como de elenco e, principalmente de argumento :)

expectativas já em alta :)

bjo;)

looT disse...

Em relação às expectativas, neste caso sim e sem receios!!! :P

bjo

QUEIROZ disse...

1-Interessante foi feito pelo diretor de O Clube da Luta? Me pareceu pela trilha sonora do trailer e pelo estilo, achei coisa do Tim Burton. Fabuloso alguém que nasce velho e vai ficando mais novo com o passar do tempo. E louvável o trabalho de maquiagem, acho que vai ganhar Oscar na categoria, esse tal de Benjamin Button.


2-O fator sala de edição realmente pesou no filme do Hulk. No 1° trailer que vi tinha um diálogo entre o Dr. Sanson e o Bruce, e no filme neca de pitibiriba, nada daquele diálogo, que parecia muito importante, como o Dr.Sanson sabia que Betty e Bruce voltariam à faculdade, pois foi ele que passou a informação ao General Ross, e até aquele momento do filme Sanson e Banner nem tinham se visto. Foi um furo daqueles. E o General Ross, eu gostei mais da encarnação do Sam Elliot, pois ele não fica personalizado como um vilão. Seria mais ou menos o que acontece com o J.J. Jameson e o Aranha, não é herói e vilão, são antagonistas.

Obrigado Loot pela visita

QUEIROZ disse...

E a Débora Nascimento merecia pelomenos uma cena de dialogo com o Sr. Norton ou uma cena quente sabe.

Red Dust disse...

Parece interessante. Mas tendo Brad Pitt no desempenho, é meio-caminho andado para eu gostar do filme. A aguardar... :)

Abraço.

Cataclismo Cerebral disse...

Este promete e muito! Fincher é sinónimo de bons filmes...

Abraço

Fifeco disse...

Eu sou um ávido fã da filmografia de Fincher sendo Fight Club, provavelmente, o meu filme favorito pelas mais diversas razões, mas a verdade é que este cruzamento com o típico género de Tim Burton não me convence. isto porque ainda está para chegar a fita de Burton que desperte em mim reacções positivas assim como o surrealismo não parece ser a melhor arma de Fincher. A ver vamos.

Abraço

Nia disse...

E a química entre Pitt e Blanchett parece ser electrizante :D

looT disse...

Queiroz: Sim a música faz lembrar Danny Elfman e o mundo de Burton. Parece que vamos ter um Fincher a explorar caminhos novos o que por mim é excelente eu achoq ue ele faz muito bem em experimentar coisas novas e diversificar a sua filmografia.

Em relação ao Hulk, fezlimente poderemos ver essas cenas cortadas no dvd, mas foi estranho terem deixado passar essa parte para o trailer.
Em relação ao general Ross percebo o que dizes mesmo na BD Ross pode ser considerado um vilão para o Hulk mas no fundo ele pensa que está a proteger o mundo daquela criatura e protege a filha acima de tudo, neste novo filme ele está completamente diferente com muitos mais traços de vilão a filha passa para segundo plano e ele quer o Hulk como uma arma, mas William Hurt interpreta-o muito bem ele é um grande actor.

Quem sabe muitas cenas cortadas tinham a Débora Nascimento. Cenas quentes é que já duvido pelo que percebi no filme o Banner não se pode excitar muito :P


Red: Também gosto muito do trabalho de Brad Pitt acho-o um excelente actor e quando se junta com Fincher então é garantido que vai sair coisa boa.

Cataclismo: Totalmente de acordo :D

Fifeco: O Fight Club é sem dúvida o meu filme preferido de Fincher, e muito dificilmente será destronado. Para mim ele é capaz de fazer o que quiser e adoro o facto de ele estar a entrar em novos campos. Mas como dizes vamos a ver, o filme pode não resultar mas por agora tem tudo para.

Nia: Novamente juntos depois de Babel :)

QUEIROZ disse...

Bem, Loot, os conhecimentos do Willian Hurt de HQ ou de BD devem ser bem baixos. Por isso, ele interpretou conforme o roteiro que foi-lhe dado, sem maiores preocupações. E para mim o melhor papel da vida do Willian Hurt é o cientista de AI. Ali sim ele mandou muito bem. Em relação a Débora bastaria aparecer ela dançando funk que já seria uma ótima cena. Aí o Banner ia ficar olhando pro relógio preocupado. rsrs. E grande Danny Elfman, a trilha sonora dele em Batman, virou um clássico. Muito bom mesmo.

Nia disse...

O que prova a excelência dos actores: depois de conseguirem alcançar a não-química em Babel, provavelmente arrasam neste ;)

Saudações cinéfilas,
Nia

Filipa disse...

Quem é a Debora Nascimento?

looT disse...

Queiroz: Apesar de não poder afirmar imagino que os conhecimentos de BD do William Hurt não sejam muito grandes, mas também penso que quem escreveu este guião quis "este" General Ross e foi isso que Hurt lhes deu. Eu também gostei muito dele no Village e no The Big Chill.

Nia: Agora lembraste-me que apenas salientei o Brad Pitt, fi-lo por ele ser oa ctor principal e por causa da sua relação com Fincher, mas Cate Blanchett é quanto a mim uma das melhores actrizes da sua geração, adoro-a.

Filipa: No novo filme do Hulk a Débora Nascimento é a mulher que aparece no início do filme, quando o Banner está no Brasil, é a mulher que trabalha com ele na fábrica. Muito bonita e apareceu muito pouco tempo :P