quarta-feira, novembro 07, 2007

O Desafio da Página 161

O Desafio da página 161 consiste em pegar no livro que nos está mais próximo, abrir na página 161 e transcrever a 5º frase completa.
O Menphis_Child desafiou-me e eu decidi aceitar.
O livro mais próximo de mim neste momento é "O Retrato de Dorian Gray" de Oscar Wilde. O problema é que o autor utiliza muitos pontos e para a 5º frase não ser apenas "Mas que importava?" decidi escrever mais um pouco para fazer sentido.
A frase é esta:

"Mas que importava? Que tinha Dorian Gray a ver com a morte de Sybil Vane? Não Havia nada a temer. Dorian Gray não a tinha assassinado."

O problema foi mesmo eu ainda estar na página 110 e não saber da morte de Sybil Vane, mas não faz mal já sentia que as trevas se estavam a aproximar da vida de Dorian Gray e esta revelação não foi de todo uma grande surpresa.

No entanto como o Menphis me fez a sugestão de usar um livro de BD que faz todo o sentido neste blog, além de tornar este desafio mais diversificado, abri a gaveta e olhei para o livro mais próximo. Eram dois, o "Tratado de Umbrografia" de José Carlos Fernandes e Luís Henrique e "V For Vendetta" de Alan Moore e David Lloyd.
O primeiro não tem tantas páginas e por isso aqui vos deixo a 5º frase que neste caso é também o 5º balão de "V For Vendetta":

"Eventually, I was terrorized into helping him, commit murders."

Agora é a parte em que temos de escolher apenas cinco bloggers e desafiá-los, mas sintam-se desafiados todos aqueles que lerem isto e coloquem as vossas frases na caixa de comentários:

- Cube (Cube)
- Izzi (Noise and Sound)
- Maurobindo (9º Arte)
- Ricardo (Imagens Perdidas)
- Celtic Warrior (Área Negativa)

10 comentários:

Izzi disse...

Hola chico! Já respondi ao teu desafio ;)
Gostei da tua escolha :) Também tenho "O Retrato de Dorian Gray" na lista para ler (e comprar...). O que estás a achar??

_Loot_ disse...

Olá :P

Até agora estou a adorar, também era um dos que estava na minha lista de espera e decidi comprá-lo na última feira do livro.
Adoro a forma com Oscar Wilde escreve é de uma sensualidade incrível, aconselho.

Já agora também aconselho o "V for Vendetta" pois Alan Moore é um dos meus escritores favoritos e prometo que ninguém vai dar o tempo por perdido se ler este livro.

Menphis_Child disse...

Boas escolhas...Oscar Wilde é sempre muito bom, já o li à algum tempo e considero-o fantástico.

Sobre o Vendetta, não li o livro, apenas vi algumas imagens, mas adorei ver o filme.

_Loot_ disse...

Também gostei muito do filme e a voz do Hugo Weaving como V era fabulosa, mas o livro (como deves imaginar) é muito melhor e mais completo se algum dia tiveres a oportunidade de o ler (ou ao genial Watchmen), aproveita e depois diz-me o que achaste.

Já agora no livro o V até chega a citar Rolling Stones, quando vai atacar o bispo introduzindo-se desta forma: " Please allow to introduce myself I´m a man of wealth and taste".

Muito bom :)

Quanto a Dorian Gray estou completamente viciado acabei agora mesmo de ler mais um capítulo.

Izzi disse...

Humm...pois, nunca li oscar wilde e dorian gray é um dos que gostava de ler, para me introduzir à sua escrita. Quanto a Alan Moore, eu não sou grande fã de BD e andei curiosa em relação ao livro depois de ter visto o filme, que adorei. Acho que nunca vou chegar a ler...prefiro muito mais texto corrido...também ando a ver se leio mais poesia, também nunca entrei muito por aí...
Neste momento estou a tentar cultivar-me e ler mais os clássicos - neste momento estou a ler a Ilíada de Homero - mas de vez em quando alterno com algo mais actual...

_Loot_ disse...

De Oscar Wilde apenas tinha lido o pequeno conto "The Happy Prince", e agora posso confirmar que é um escritor que vale muito a pena conhecer.

Num estilo completamente diferente Alan Moore é outro escritor que merece ser conhecido e tenho a certeza que se tentares ler o V, basta leres as primeiras páginas para ficares totalmente viciada, experimenta ;)

Eu tenho a Odisseia traduzida pelo Frederico Lourenço na altura que comprei sua tradução da Ilíada ainda não tinha saído, mas gostava muito de ler, adoro a personagem do Heitor.

Quanto a poesia recordaste-me que já não a leio há muito tempo, tenho de voltar a ler, gosto muito. Não tenho é muito jeito para a escrever :P

Já agora só pela piada já ultrapassei a página 161 do Dorian Gray :D

celtic-warrior disse...

Já fiz a minha parte :) Tinha o Watchmen à mão e depois foi só fazer quote.

_Loot_ disse...

Alan Moore em dose dupla :)

maurobindo disse...

Eu volto cá mais tarde, pois onde estou não tenho nenhum livro à mão. Espreita o meu outro blogue que anda por lá este post sobre citações.

Obrigado pelo convite! Vou aceder.

maurobindo disse...

Ora então cá vamos:

["A Carmel e a Tel Aviv são duas empresas conceituadas." - ora, isto vem no "Guia American Express, Top 10, Nova Iorque". Era o que estava mais à mão...]

Tive de rietirar a frase do meu blogue "Já Cheiro o Samádhi", pois a esta hora não há nada com 161 páginas que se cheire...