segunda-feira, maio 13, 2013

Dire Straits - Once Upon A Time In The West



Reza a lenda que após ter visto o filme de Sergio Leone, um Mark Knopfler embriagado compôs uma pérola musical com o mesmo nome do filme.

Em "Alchemy", um álbum ao vivo, os Dire Straits presenteiam-nos com uma versão longa desta mesma canção. São 12 minutos de magnificência musical.

Alguém dizia uma vez que os álbuns ao vivo nunca eram tão bons pois as canções perdiam qualidade sonora quando comparadas com as dos álbuns de estúdio. Faz sentido, ou melhor, faz sentido para bandas que não acrescentem nada ao vivo, que simplesmente se limitem a tocar um álbum tal e qual como o gravaram. Mas, quando falamos de bandas como os Dire Straits, a história é outra e "Alchemy" é a prova disso. Tome-se como outro exemplo a célebre "Sultans of Swing" que aqui conta com 10 minutos e um solo ainda mais impressionante saído das mãos desse mestre que toca sem palheta, Mark Knopfler.

3 comentários:

Arm Paulo Fer disse...

Esta canção é brilhante e nesta versão ao vivo do mitico duplo álbum ao vivo "Alchemy" supera com muita distância a versão de estúdio (que mesmo assim é no álbum original uma belíssima canção).
É um épico sim mas ainda assim épico melhor que esta é a "Telegraph Road" na inédita versão vivo que se escuta na antiga colectânea "Money For Nothing" (1987 - salvo erro). Essa sim é uma canção ao vivo com toda a densidade e profundidade emocional dos Dire Straits, com solos de outro mundo do Mark Knofler.
Na altura comparava-os ao vivo com aquilo que os Pink Floyd faziam (mas que superavam -eram mais espaciais e venerava muito mais)
Adoro! Adorei este post!

Arm Paulo Fer disse...

Refiro-me a esta versão, que também tem um imaginário influenciado pelos westerns:
http://youtu.be/jeSF9mMq1uQ

Enjoy it!

Loot disse...

Armindo a Telegraph Road foi "A" canção que me fez querer ouvir Dire Straits :D

Era uma banda que me passava ao lado, a voz do Knopfler não me cativava, até que um amigo meu me fez ouvir a Telegrah e tudo mudou a partir daí. Hoje já tenhos os álbuns todos e até alguns dele a solo :D

Por acaso no Alchemy a Telegraph não supera a versão de estúdio como as que mencionei. Vou ouvir a que dizes, obrigado pela partilha :)

Em relação aos Pink Floyd e à componente mais espacial e psicadélica, já me disseram que eles influenciaram o meu álbum favorito dos Beatles, o "Sgt Pepper" mas não sei se é verdade.

Grande Abraço :)