terça-feira, julho 15, 2008

Optimus Alive 11 de Julho 2008

O segundo dia do festival foi o menos concorrido, no entanto era o que apresentava um público mais heterógeneo. O que já seria de esperar de um cartaz que reúne Bob Dylan, The John Butler Trio e Within Temptation no mesmo dia.

Kumpania Algazarra

O dia começou muito bem com a actuação dos Kumpania Algazarra que começaram logo a animar as pessoas que iam entrando no recinto.
A festa começava em grande e prometia outros dia carregado de boa música, no entanto as primeiras suspeitas de que algo não estava a correr bem começaram a surgir quando o concerto dos "Kumpania Algazarra" se prolongou mais do que era devido.
Não estou a apontar nada de negativo à banda por mim podiam continuar a tocar, mas como já no primeiro dia os "Cansei de Ser Sexy" tinham cancelado começavamos a questionar-nos se o mesmo não aconteceria com os "Nouvelle Vague". O pior confirmou-se a banda ficou retida no aeroporto de França.
Neste dia o "Metro On Stage" estava mais virado para os DJs e por isso não houve correria nenhuma de um palco para o outro e nem chegámos a descobrir que Uffie, Vicarious Bliss e Mr. Flash também tinham cancelado as suas prestações.




The John Butler Trio

Para quem foi de propósito ver apenas esta banda o cancelamento dos Nouvelle Vague foi uma notícica positiva, pois a banda acedeu a tocar mais 40 minutos.
Eu pessoalmente gostava de ter visto as duas.
John Butler deslumbrou todos com os seus dotes de guitarrista, mas não foi só ele a brilhar neste concerto toda à sua banda esteve à altura como podem ver num pequeno excerto que consegui gravar do solo do baterista.
Assim de repente parece uma banda deslocada quando temos um terceiro dia cheio de músicos do mesmo género. Mas a escolha acabou por ser positiva a fim de tornar o dia mais diversificado.



The John Butler Trio - Treat Yo Mama



The John Butler Trio - Zebra



The John Butler Trio - Drum Solo



Bob Dylan

O momento porque muitos de nós mais esperavam estava a chegar...Bob Dylan.
Nunca esperei uma prestação magistral por parte de Dylan não somos eternamente jovens e a voz de Dylan já não é o que era, além disto tudo o Menphis já me tinha avisado que ultimamente ele apenas se fica pelas teclas (e pela harmónica obviamente), por isso nunca esperei que ele fosse pegar na guitarra.
Munido de uma banda cheia de bons músicos o espectáculo da lenda viva estava prestes a começar.
Dylan tem uma discografia muito extensa e por isso tinha perfeita noção que ele não iria tocar todas as que queria ouvir, mas penso que alguns clássicos fizeram falta nem que fosse uma "All Along The Watchtower", "Mr. Tambourine Man" ou "Tombstone Blues".
Outros dos clássicos que tocou tinham os arranjos tão modificados que apenas passado alguns minutos é que percebi quais as canções que eram, mas isto não tem de ser necessariamente mau como muitos apregoaram pois fomos brindados com as mesmas canções sobre uma luz diferente e quantos é que tiveram esta oportunidade?
Foi um concerto estranho e normal, por vezes estranhou-se e a maior parte entranhou-se. Porque tudo isto é Bob Dylan e porque ele pode fazer o que quiser.
O momento alto do concerto foi definitivamente quando regressou ao palco para tocar "Like a Rolling Stone" e colocar todo o público em verdadeiro êxtase.
Daqui a muitos anos poderei olhar para trás e dizer "Eu vi Bob Dylan!" E só por isso já valeu a pena.



Bob Dylan - Ballad Of A Thin Man



Bob Dylan - Thunder on the Mountain


Bob Dylan - Like a Rolling Stone


Within Tempation

Neste dia foram o grupo mais deslocado. Havia claramente um grupo de pessoas que foram de propósito para os ver e muitos abandonaram o recinto depois de Dylan.
Não ouço muito este género de Metal, mas quis assistir ao concerto. Acho que cumpriram e penso que qualquer admirador que estivesse lá não saiu desapontado. No entanto os fãs da velha guarda devem ter sentido falta de canções mais antigas. Não conheço a discografia dos Within Temptation mas sei que antigamente cantava uma mulher e um homem com voz gutural. Quando os vi há uns anos no Super Bock Super Rock terminaram o concerto com estas canções e foi um espectáculo bem mais interessante para mim.




Buraka Som Sistema

Se me dissessem há uns anos atrás que eu iria estar a assistir a um concerto de uma banda deste género e a gostar, eu ia dizer-lhes que estavam completamente doidos, mas a verdade é que os Buraka Som Sistema deram um espectáculo formidável e diverti-me imenso.
Tinham a enorme responsabilidade de fechar o "Palco Optimus" e quanto a mim fizeram-no muito bem.
Para ajudar à festa trouxeram vários convidados entre eles a Deize Tigrona e Pacman. Este último soube a pouco cantando apenas uma canção com os Buraka a "Dialectos de Ternura". Outros convidados foram a Congo Love e os Pupilos do "Kuduro que proporcionaram momentos de dança muito bons, principalmente os "Pupilos" que tiveram uma actuação curta mas bem interessante.
Uma das grandes surpresas para mim foi quando os "Buraka Som Sistema" misturaram o seu Kuduro com temas dos Daft Punk ("Around The World"), Prodigy ("Breath"), Chemical Brothers ("Suturate") e AC/DC ("Thunderstruck"). Esta última pode ser vista num vídeo que gravei.



Buraka Som Sistema ft Deise Tigresa



Buraka som Sistema ft Pacman - Dialectos de Ternura



Buraka Som Sistema ft Pupilos do Kuduro



Buraka Som Sistema a tocar "Thunderstruck" dos AC/DC



Sebastian
Depois deste concerto decidimos dar um pulo ao "Metro On Stage" coisa que ainda não tínhamos feito neste dia. Pelas horas penso que quem estava a tocar era Sebastian.
Quando chegámos estava a tocar a "standing in The Way of Control" dos Gossip que fois eguida da "Boys & Girls" dos Blur, fantástico.
Aqui o cansaço começava a pedir para ir para casa e quando a música se virou mais para o techno eu já queria ir embora.
No entanto ainda saímos do recinto ao somd e Radiohead, Strokes e Rage Against The Machine, é caso para dizer "Grande Sebastian"!


Para terminar deixo-vos uma imagem do recinto no final dos concertos. Curiosamente este foi o dia que teve menos pessoas mas o mais sujinho.

6 comentários:

Bongop disse...

Gostava de ter visto um dos meus grupos favoritos: Within Temptation! Tenho registos deles ao vivo bem loucos! (Ou pelo menos tinha, antes do crash do meu PC antigo).
De resto acho que o Bob Dylan já devia estar a viver dos seus rendimentos e bem sossegadinho... Uns amigos meus acharam que era quase um insulto ao não ir ver o Rolling Stones ao vivo... pelas mesmas razões : as múmias devem ficar bem quietinhas para não se desconjuntarem ! Eu próprio já sou quase uma múmia! LoooL

Gonçalo Trindade disse...

Vi o concerto dos Within em directo e foi realmente muito bom, gostava de lá ter estado... o do Bob Dylan pelo que dizes parece que foi bom... mas não esperava que a voz dele e o som da sua musica estivesse tão... diferente...

Menphis disse...

Se fosse fã dos W. Temptation não teria ficado desiludido, deram um bom espectáculo. Quanto ao Dylan, nem foi mais nem menos do que pensava e, segundo o que depois li, foi melhor do que a última vez em Vilar do Mouros.

E foi pena os Nouvelle Vague não terem vindo.

Fiquei curioso em ter alguns dj'set do Sebastien, tenho que pesquisar.

um abraço

looT disse...

Bongop: Não digas isso :P
E quanto a ti eu já te vi e estás bem longe de ser uma múmia.
Não conheço bem Within Temptation mas do pouco que ouvi preferi as músicas mais antigas.


Gonçalo: Quando vamos ver uma lenda as expectativas são sempre de proporções divinas. Mas neste caso até tinha os pés bem assentes no chão.
Por exemplo o Neil Young já deu um concerto muito mais entusiástico e explosivo. Parece-me em melhor forma.

Menphis: O que eu não sabia antes de me teres avisado era que ele se ficava só pelos teclados agora.
Nouvelle Vague é que foi mesmo uma pena :(

Abraço a todos

Filipa disse...

Afinal o concerto de Within sempre deu na tv? tive imenso tempo à espera e só dava gatos fedorentos... enfim! Gostava mesmo muito de ter ido, mas como também já os vi no seu melhor... Foram ao SBSR? Este ano perdi-os todos lol.

looT disse...

Não sei :S
SBSR não fui, não dava para tudo e gostava mais deste cartaz :P

bjs