terça-feira, janeiro 19, 2010

Top filmes de 2009

Mais um top desta vez sobre Cinema. Parece que cada vez é mais difícil colocar estes filmes por ordem.
E depois há sempre o factor tempo, é curioso ver como alguns filmes envelhecem na mente, mas por outro lado há outros cuja memória e sentimento estão mais presentes por terem sido vistos há pouco tempo.
Mas pronto sem mais demoras aqui está ela:

10 - Star Trek


Eu gostei muito desta nova forma de abordar "Star Trek" e a antiga não tem de estar comprometida por causa desta, ela continua lá para todos irem rever ou descobrir (eu ainda tenhod e a ir descobrir).
as personagens foram bem aprofundadas e os actores bem escolhidos, o resto é pura diversão. Resultado final: funcionou.


9 - Slumdog Millionaire

O filme sensação de 2009, que arrecadou vários prémios.
Independentemente de ter sido o melhor filme do ano ou não "Slumdog Millionaire" é um belo filme de Danny Boyle, um conto de fadas na Índia que vale a pena vislumbrar.
E grande Dev Patel é bom ver uma cara conhecida de "Skins" (1º geração) numa produção destas.




8 - (500) days of summer


Talvez a injustiça do ano, ainda hoje não entendo como este filme não passou nos nossos Cinemas.
O filme Indie do ano, até o Ikea marca presença. Boa música, bons diálogos e personagens interessantes. Isto é "500 days of summer" e isto é muito bom.



8 - The Curious Case of Benjamin Button

Ver comentário aqui.



8 - Avatar

Ler comentário aqui.



7 - Up

É incrível mas bem verdade, a Pixar não falha. Alguém tem dúvidas que "Up" levará para casa o Óscar de melhor filme? Graças à Pixar já nem tem piada assistir à entrega do òscar de melhor filme animado.
Isto tudo que escrevi não é mais do que um enorme elogio a esta produtora. "Up" distingue-se e merece essa distinção, um filme lindíssimo.



6 - Låt den rätte komma in



Baseado no livro de John Ajvide Lindqvist veio mostrar que o mito do Vampiro não está morto, longe disso e que ainda há formas originais de abordar o tema, foi o melhor filme de vampiros que vi o ano passado.
Inocente e macabro ao mesmo tempo.



5 - Sita Sings The Blues

Ler comentário aqui.



4 - Gran Torino

Ficou marcado como sendo o último filme em que Eastwood irá representar, felizmente não é o último que irá realizar.
sempre que Eastwood se coloca atrás das câmaras podemos esperar algo especial e "Gran Torino" não desilude. A história de um veterano de guerra que encontra nos seus vizinhos Hmong algo que não contra na sua própria família.



3 - The Wrestler

Já o tenho dito várias vezes Darren Aronofsky e Paul Thomas Anderson são dois dos melhores "novos" realizadores que surgiram nos últimos tempos e que certamente se tornarão os Scorsese's de amanhã.
O ano passado pudemos assistir a "The Wrestler" um filme onde o personagem e o actor se fundem num só. Este foi o regresso definitivo de Mickey Rourke. Sim ele já andava por cá novamente, afinal quem se pode esquecer do seu Marv? Mas "Wrestler" fez as pazes entre Rourke e a indústria de Hollywood e provou que este actor ainda tem tudo o que preciso.



2 - (無聲風鈴) Soundless Wind Chime


Este é a primeira longa metragem de Wing Kit Hung, um filme que se desenrola na Suiça e em Hong Kong.
Esta é a história de Ricky, Pascal e Ueli. Uma história de amor e perda, de realidade e de ilusão. Não leiam quaisquer sinopses pois encontrei algumas que apenas contribuem para estragar o filme.
O ponto mais forte do filme é a aliança entre o som e a imagem. A banda sonora foi escolhida divinamente, fiquem com o trailer para terem uma amostra:



2 - Inglorious Basterds

Comentário aqui.


1 - Revolutionary Road

O grande regresso de Sam Mendes.
Revolutionary Road é um filme forte, por vezes bastante difícil de assistir, principalmente quando nos revemos nalguns estados de espírito, quando os personagens partilham dos mesmos receios que nós.
Leonardo di Caprio e Kate Winslet estão magníficos a interpretar este casal suburbano que tenta mudar a sua vida.
Destaque para Michael Shannon que mesmo aparecendo pouco nos marca fervorosamente. O seu personagem alucinado é talvez aquele que possui a maior clareza entre todos.



Menção Especial:


Fig Trees

Não quis misturar os documentários com os outros filmes, pois são géneros tão distintos.
Vi apenas dois este ano e tinha de salientar "Fig Trees" como uma das melhores peças cinematográficas deste ano.
Um filme Ópera sobre a SIDA que nos conta entre várias coisas a história de Zackie Achmat um homem notável que se recusou a tomar a medicação enquanto esta não estivesse disponível para todos os Sul-Africanos.
Um filme original, sensível e poderoso. Foi exibido durante o "Queer Lisboa".

9 comentários:

Red Dust disse...

Vi a maioria dos filmes do teu top. No geral concordo, trocaria só a ordem, com destaque para 'Gran Torino', que é o meu filme preferido dos estreados em 2009 por cá.

Abraço.

tadeu disse...

falta ver "gran torino" e não poderia estar mais de acordo sobre Darren Aronofsky e Paul Thomas Anderson.
Wes Anderson, Alexander Payne, Sofia Coppola, são nomes que ficam bem na fotografia, pena o tempo que levam entre um filme e outro...
bom ano de cinema para usted! :)

Raphael Café disse...

Fala Gabriel, excelente lista!

Sou o Raphael Camacho, colaborador do www.cinedica.com.br

O cinedica tem mais um evento.

No próximo Sábado, dia 23 de janeiro às 23 horas,
iremos agitar um bate papo em nosso site em função da cerimônia do SAG AWARDS e gostaríamos muito de contar com a tua presença e de seus usuários.
Fizemos um evento igual com o globo de ouro recentemente e foi o maior sucesso, então, a pedidos
de nossos usuários e de todos que amam o cinema e suas premiações, decidimos fazer mais um evento desse tipo.

Nosso site é feito por amantes e para amantes da sétima arte. Somos contra a pirataria e amamos falar sobre cinema.

No dia 23 a cerimônia será mostrada ao vivo via canal TNT e não existe um lugar onde quem curte essa
premiação possa debater via mensagens, os acontecimentos, ao vivo, que se seguem.

Gostaríamos de saber se você pode nos ajudar com a divulgação desta nossa iniciativa.

Nós rodamos a internet para encontrar sites interessantes e que fazem parte de nossa filosofia. Você pode conhecer um pouco
desta idéia pelo link: http://www.cinedica.com.br/filmes/cinefest.php

Desde já agradecemos e aguardamos uma resposta.

Atenciosamente, equipe CineDica.

rp@cinedica.com.br
raphaelcamacho@gmail.com

Anita disse...

Voltamos a partilhar o nº 1 :) O que não é de estranhar tendo em conta a intensidade deste fantástico filme, que lamentavelmente não teve o devido reconhecimento.
Do resto, dos que vi concordo plenamente com o reconhecimento e estou "mortinha" para ver o 500 days :)

Beijinho

ps1: Já agora, no caso de ainda não teres visto não percas o último trabalho do Mendes, "Away We go". É um autêntico mimo e o aurgumento é do Eggers (o mesmo do Where The Wild Things Are) :)

ps2: Andava por aí a cuscar e li que o Adam está de regresso ao Heroes...ora explica lá o que é que eles inventaram desta vez :D

Gonga disse...

Gostei da lista, está com muito bom gosto mas eu colocaria um espaço para O Sitio das Coisas Selvagens.

Fifeco (Filipe Ferraz Coutinho) disse...

Apesar de não concordar com alguns filmes presentes na lista (Avatar ou Slumdog) gostei das escolhas. Bons filmes como sempre. Foi boa a inclusão do Star Trek aí :p

Abraço

Loot disse...

Red: Como sempre faltaram muitos por ver, mas houve filmes muito bons. E o invictus do mestre Eastwood? Estou curioso.

Tadeu: É verdade falei apenas em dois, mas há muito talento novo por aí.

Raphael: obrigado pela sugestão.

Anita: Andava atrasado em Heroes que aquilo custa a ver, mas já cheguei a esse ep. Quando li o que disseste pensei que envolveria viagens no tempo, mas não é uma espécie de alucinação na mente do Hiro. E obrigado pela sugestão.

Gonga: esta lista tem a ver com os filmes estreados em Portugal em 2009 esse só chegou cá em 2010, mas já vi e gostei muito.

Fifeco: Já não me lembrava bem da tua opinião sobre o Slumdog mas do Avatar tinha a certeza.

Pode não ser o melhor filme, mas para mim é dos melhores tem coisas muito boas e entreteu-me mesmo muito bem.

Anita disse...

ups...desculpa os spoilers...pensava que andavas a acompanhar regularmente :)
Ahh...ok...estou a ver que ainda não tiveram a brilhante ideia de colocarem o Sylar a dar cabo do Hiro ...damn:)

Quanto a VD, já vi o regresso esta semana. Gostei do episódio, manteve o ritmo e qualidade dos anteriores e teve mais Damon, que cada vez mais tem vindo a a provar que é o melhor personagem da série. Aquela cena final com a Bree foi Awsome :)
Só dispensava mesmo eram os dramas irritantes da Elena...sight :/

Loot disse...

Ah não faz mal até foi bom, se não aguçasses a curiosidade os eps continuavam a acumular.

Sim foi um bom regresso de VD e também adorei a cena do Damon, porque ele é mesmo assim. Por momentos vemos um lado mais meigo dele e podemos pensar "este tipo é porreiro" mas depois somos logo lembrados do tipo de vampiro que ele é. Tenho ideia que muita gente não está a gostar disso e eu acho que é a melhor decisão.
Tinha era de ser ele a ter morto a mulher do Alaric e será que a mulher dele não será uma vampira agora é que a actriz é bem conhecida talvez volte a aparecer.

bjs