quinta-feira, setembro 23, 2010

Dead Can Dance

Ela:





Ele:

3 comentários:

aPAULOf disse...

Ora aí está uma banda que aprecio moderadamente.

Eles realmente tinham partes criativas onde se separavam, ou eram dele ou eram dela. Mas o melhor era quando funcionavam juntos.

Eles têm muitas excelentes criações (a "Cantara" é outra evidente desse lote).
O álbum que mais me ficou na mente para sempre foi o de 1987, o "Within The Realm Of A Dying Sun".
O álbum tem um inicio com duas faixas que representam o expoente do que gosto dos Dead Can Dance. Cheguei a colocá-las num post: MyJukebox: Dead Can Dance "Within The Realm Of A Dying Sun" Actualmente ela tem brilhado a fazer/cantar em bandas-sonoras (no Gladiador ele foi genial)

refemdabd disse...

Cá está uma banda que me trás boas recordações da década de 80. Concordo plenamente com o aPAULOf.

Juntamente com outras bandas como This Mortal Coil, Cocteau Twins, Tones on Tale, entre outras, traziam uma sonoridade mais fantasiosa. Foi uma década pródiga em grande música, claro que me marcou com maior relevância pois foi a minha adolescência. Nomes como The Sound (ouve "Winning" e perceberás) , The Cure, The Fall, Sonic Youth, Felt, John Cale, Brian Eno, Iggy Pop, David Bowie, Roxie Music, The Police, U2, Bauhaus, The Dream Syndicate, Adam & The Ants, Joy Division, The Rose of Avalanche, Siouxie and the Banshees, The Jesus and Mary Chain, Love and Rockets, The Sisters of Mercy, Fields of the Nephilim, The Stone Roses, Happy Mondays, New Order, e muitos, muitos mais encheram os meus dias e noites nessa década. O New Wave, o Undergroung, o Gothic, sem contar com o Rock, o Hard-Rock e o Punk-Rock e mesmo o Punk-Hardcore e, por vezes, o Heavy Metal. eram imensos os nomes portugueses que o pessoal reconhecia e seguia, numa altura que não se falava em discos mas antes, muito, em ensaios em maquetes e concertos como os Xutos e Pontapés, URB, M'as Foice, Mler If Dada, Croix Sainte, Culto da Ira, Radar Kadafi, Pop Dell'Arte, Essa Entente, Peste & Sida, Mão Morta, Easy Gentes, ou outros mais da "pesada" que davam festivais de moche com o pessoal a tripar à base de "submarinos" e Dinitel como os Crise Total e outros, grandes recordações.

Foi uma grande década para se começar a apreciar boa música.

Loot disse...

aPAULOf: Eu aprecio mais do que moderadamente :P
Conheço mais a banda do que as carreiras a solo (dele então não tenho nada) e sim a banda sonora do gladiador é monstruosa é o melhor do filme :D

Refem: Ouço grande parte dessas bandas estão aí grandes nomes, só as comecei a ouvir foi nos 90 ou até nesta década. Algumas nunca ouvi falar principalmente na tua lista de bandas portuguesas.

Tens aí mta recordação agora até me lembraste as tuas aventuras com Mão Morta e companhia :P