sexta-feira, setembro 12, 2008

O Regresso dos Grandes

Tanto Mickey Rourke como Robert Donwey Jr. cedo mostraram o seu enorme talento para a sétima arte.
Infelizmente devido a problemas pessoais ambos tiveram alguns precalços na sua carreira e estiveram ausentes dos grandes papéis durante um certo período de tempo. As boas notícias é que estes dois grandes talentos estão de volta e aparentam continuar em grande.

Começando por Mickey Rourke ele já tem participado em vários filmes conhecidos, mas o de maior destaque no seu regresso deve ter sido "Sin City" quando ele deu vida a Marv no que foi quanto a mim uma das melhores interpretações de um personagem de BD.
Actuamente tem recebido enormes elogios por "The Wrestler" o novo filme de Darren Aronofsky que foi o grande vencedor do Leão de Ouro no festival de Veneza.
Pelo que tenho lido Rourke tem em "The Wrestler" uma das grandes interpretações da sua vida.

Quanto a Robert Downey Jr. nestes útlimos anos tem felizmente voltado a aparecer e com alguns excelentes e muito divertidos papeis como é o caso em "Kiss Kiss bang Bang", "Zodiac" e outros. Em 2008 teve o que aparenta ser mais um excelente ano, começando com "Iron Man" um dos grandes filmes deste Verão, "Tropic Thunder" e em Novembro regressará em "The Soloist" o novo projecto de Joe Wright.
Wright tem recebido vários elogios pelo seu trabalho em "Pride & Prejudice" e em "Atonement". Infelizmente ainda não tive oportunidade de os ver, apesar de a curiosidade ser muita, principalmente com "Atonement".
"The Soloist" aparenta ser mais uma bela e sólida obra que conta também com Jamie Foxx que para já aparenta ter neste filme um dos seus grandes papéis.
Cliquem aqui para ver o trailer deste filme.

13 comentários:

Red Dust disse...

Sempre gostei do estilo de Rourke. Num passado mais distante fez grandes papéis em 'Rumble Fish' ou 'O Ano Do Dragão' por exemplo e aquela interpretação auspiciosa de Marv é um achado. Espero que esteja em grande forma neste novo filme.

Já Robert Downey Jr. não é um dos actores que mais aprecie, mas este ano tem apresentado trabalho muito forte.

Abraço.

Fernando Ribeiro disse...

Pelo que tenho lido já se fala em Oscar para Mickey Rourke. Mas um filme de Aronofsky promete sempre muito. É um excelente realizador, e a cima de tudo, um visionário. Não tem medo de arriscar em fazer coisas novas, estando assim sempre a inovar. Os seus filmes são exemplo disso mesmo.

Quanto a Downey Jr, o homem está em grande. Este ano está ser muito importante para a sua carreira, confirmando assim o seu grande talento que por algum tempo andou escondido. E mais uma vez podemos estar perante um grande filme de Joe Wright. Ele consegue ser bastante sensível com a câmera, apresentando filmagens que são absolutamente extraordinárias. Aquele "long shot" da praia em "Atonement", é de ficarmos boquiabertos. Aconselho-te a ver esse e o "Pride & Prejudice", pois são dois grandes filmes.

Abraço

Fifeco disse...

Antes de mais, há que salientar o artigo que está muito bom.

Depois devo dizer que Rourke enquanto Marv é genial. Já Downey Jr é genial enaqunto Tony Stark.

Ambos são detentores de uma personalidade muito forte e isso é claramente evidenciado nos seus papéis.

Esperemos excelentes notícias brevemente.

Abraço

Luís disse...

dois grandes senhores. e aprecio especialmente o regresso de rourke, depois do calvário que foi os anos 90. grande actor muito mal aproveitado (por culpa propria diga-se)

abraço cinéfilo

Menphis disse...

Do Mickey Rourke, além da fabulosa interpretação no "Sin City" recordo-me de um filme, à muito tempo, penso que chamado " Bullet-Droga e morte" onde ele fez uma interpretação dos diabos. É um grande actor e que, por culpa própria não brilhou ainda mais. Do Robert depois daquela fabulosa interpretação no " Zodiac" penso que a carreira dele está em ascensão. Ou pelo menos,em alta.

Já agora gostava de ver estes dois nas "mãos" do Tarantino.Penso que fariam um grande trabalho juntos.

Izzi disse...

Olá loot! Já há muito que não punha aqui os pés.
Só há pouco tempo é que descobri que o Rourke tinha feito um filme com o Aranofsky. Infelizmente deste realizador ainda não vi nenhum filme - mas estou prestes a mudar esse facto. Quanto ao Rourke, já tenho visto vários filmes com eles, mas tenho ideia que a maioria das pessoas só se lembra do "9 semanas e meia". Ele tem concerteza muitas boas performances (felizmente que existe o canal Hollywood) e é sempre bom ver um bom actor voltar ao seu melhor nível. No entanto nunca foi bem um actor que me seduzisse muito.
Agora o Robert Downey Junior é concerteza um dos meus actores favoritos já desde há muito e ainda bem que, apesar de todos os problemas que teve, não se deixou cair num poço sem fundo - e também não foi posto de lado pela indústria, tendo-se mantido sempre ocupado em vários projectos. Por isso acho que não se pode dizer que ele está a voltar, porque ele nunca deixou de estar à vista, apenas não entrou em projectos tão comerciais, como aconteceu este ano com "Iron Man" (acho que foi o filme mais comercial que ele fez, sendo o cabeça de cartaz). Não nos esqueçamos dos filmes "Wonderboys", "Bowfinger", "The Singing Detective", "Kiss Kiss Bang Bang", "Good night and Good Luck", "A Scanner Darkly", "A Guide to Recognizing Your Saints" e "Zodiac" (que apesar de ser um grande filme não teve grande projecção, infelizmente) - só para não estar aqui a debitar toda a sua filmografia, que não tem qualquer "gap" .
Do Joe Wright vi os seus dois últimos filmes, já referidos. Gostei bastante do Atonement. Mas vai ser mesmo o Robert Downey Jr. que me vai levar a ver "The Soloist".
Desculpa o comentário tão longo :)

looT disse...

Red: Sinto que Rourke não vai desiludir neste "The Wrestler". Quanto a Downey Jr. talvez te faça mudar de ideias depois deste ano :P

Fernando: Sublinho todas as palavras em relação a Aronofsky ele é de facto muito bom. Quanto ao Óscar é bem possível mas a competição de certeza será de peso, falam muito bem do Benicio del Toro como Ernesto 'Che' Guevara.

Fifeco: Obrigado :)
Por acaso queria fazer um top dos actores que mais gostei de ver a interpretarem personagens de BD. Ainda não está terminado mas Marv e Tony Stark estão nessa lista.
Acho que não vão desiludir.

Luís: Sem dúvida eu aproveitei as recentes notícias para falar dos dois mas o grande regresso é o de Rourke. Downey Jr. já regressou há mais tempo e não teve uma fase tão má na carreira como Rourke. Que Venha este "The Wrestler" para podermos apreciar o talento não só de Rourke mas também do genial Aronofsky.

Menphis: O filme que mais gostava de ver de Downey Jr. é o Chaplin, que lhe valeu a nomeação para o óscar :)
sem pretender fazer quaisquer juízos de valor, foram dois actores que ao longo da carreira tiveram os seus percalços, felizmente que voltam a estar em grande. talento não lhes falta.

Izzi: Não faz mal eu gosto de comentários longos :)
Em relação ao Downey Jr. também conheço melhor o seu trabalho do que o de Rourke e sei que ele tem participado em muita coisa interessante. Mesmo que ele tivesse regressado esse regresso não aconteceu recentemente.
Escolhi falar dele também, porque além de admirar muito o seu trabalho não deixo de sentir que perdeu algumas grandes oportunidades devido aos problemas que teve, mas isso já entra no campo da sua vida pessoal o qual não me quero intrometer. quis apenas dizer ainda bem que ele anda por cá e a fazer grandes filmes.
Quanto ao Aronofsky juntamente com PT Anderson é um dos grandes jovens realizadores da actualidade. Os seus filmes são tanto apaixonantes como brilhantes. Falta-me o PI, mas tanto Requiem for a Dream como the fountain são qualquer coisa de magistral. E cuidado com o Requiem é um valente murro no estômago :)

Maria del Sol disse...

É sempre bom ter novidades promissoras no que diz respeito a filmes, e quando estas incluem Aronofsky é quase redundante dizer que são promissoras. :)

Vale a pena um visionamento a "Atonement". Entrei na sala de cinema sem grandes expectativas (confesso, também um pouco "de pé atrás" pela presença da Keira Knightley) e saí de lá impressionada. É um grande filme.

Beijinhos e bom fim-de-semana!

Paulo Marques disse...

Boas Gabriel! Muito Obrigado pelas amáveis palavras que escreveste lá no meu blog :)

É sempre muito interessante podermos mostrar um pouco do nosso trabalho e o Lino tem tido sempre esse papel incansável de ajudar a divulgar os autores nacionais! Também acho que já te tinha mostrado essa BD na Tertúlia, ela é sobre um simpático super-herói do Cyber-espaço, que vive um sem número de aventuras, sempre acompanhado pelo o seu fiel "cyber-cachorro", Byte, uma BD criada inicialmente em parceria com o meu bom amigo Bruno Silva e que ultimamente tem sido desenvolvida por mim!

Olha, aproveito também para te deixar aqui o link para o regulamento de um fanzine que será publicado pelo QualAlbatroz, um grupo onde estou inserido, se o quiseres e puderes divulgar estás à vontade :)

http://www.qualalbatroz.pt/regulamento.pdf

Abraço grande!

PM

looT disse...

Olá Paulo!

Por acaso já tinha conhecimento desse fanzine e fazia questões de falar dele.
Não sabia porém que fazias parte da equipa.
Já coloquei um post sobre o assunto e espero sinceramente que tenham muitos participantes e toca lá a salvar o albatroz :)

Abraço

Gonçalo Trindade disse...

Cheira-me mesmo a Óscar para o Rourke... e provavelmente merecido. O Aronofsky é óptimo a trabalhar com os seus actores.

E o Joe Wright tem bastante jeito pra coisa... tenta mesmo ver o Atonement, é um dos melhores do ano :)... e eu que nem gosto muita da Keira Knightley... Estou curioso para ver o que o Wright fará agora.

Um abraço

looT disse...

E óscar para Aronofsky?
Há sempre grandes representações tenho a certeza que será mais um ano onde a escolha será difícil mas acredito que Rourke o mereça.
Agora toca a ver estes filmes :D

Eu adorei o trailer do Atonement e o James Mcavoy cresce a olhos vistos e um filme a ver sem dúvida.

Abraço

Gonçalo Trindade disse...

Oscar para o Aronofsky acho que não, por agora... sendo ele um cineasta de culto e não clássico... por acaso uma nomeação não me admirava nada (e já era bem boa!).

Ambos os filmes prometem bastante, e é óptimo saber que neste belo ano de cinema (porque realmente já passaram por cá belos filmes... Into the Wild, There Will be Blood, The Dark Knight, Speed Racer...), ainda temos algo por que aguardar :D

Abraço