terça-feira, julho 31, 2012

Moonrise Kingdom

Finalmente o Norton volta a surgir num filme que eu tinha mesmo vontade de ver. Porque o senhor até é um grande actor e é uma pena não o ver mais. O cunho pessoal do realizador continua bem vincado, desde a estética ao humor, desde as personagens aos actores do costume. Este é mais um dos seus grandes momentos, "Anderson you did it again".

6 comentários:

Anita disse...

Este filme é pura ternura. Gostei mesmo muito.

Loot disse...

Este filme é "a" tua cara ;)

Andreia Mandim disse...

Ando a adiar o filme, mas estou bastante curiosa para o ver...É verdade, o Norton já não "dá cartas" pelo menos "num bom baralho", há algum tempo...O último que me lembro de ver com ele foi o "The Stone", com o de Niro, que se revelou uma autêntica desilusão...

cumprimentos,
cinemaschallenge.blogspot.com

Loot disse...

Agora que mencionas o Stone, lembro-me disso ter existido, mas passou-me completamente ao lado, como a maioria dos filmes em que tem entrado, o último que vi foi o Incredible Hulk.

é pena, ele até tem muito jeito para a coisa, veja-se Fight Club, 25th hour, etc , etc :P

Jorge Teixeira disse...

Este Moonrise Kingdom é uma coisa realmente especial. Chamo-lhe coisa porque, de facto, é coisa rara, sobretudo se olharmos para o meio de onde vem. Mas isso é outra conversa :P. Aqui existe, o que muitas vezes digo, rasgos. Sejam eles de originalidade ou simplesmente de emoção. Isso, acima de tudo, é o que qualifica esta obra, tão deliciosa.

Nunca tinha comentado por aqui, sendo que já sigo o blogue há algum tempo. Não me tem dado muito para comentar. Espero inverter essa tendência.

Cumprimentos,
Jorge Teixeira
Caminho Largo

Loot disse...

Obrigado pelas palavras Jorge.

O cinema de Anderson parece-me ser rico nesse tipo de rasgos que mencionas. É um filme especial um dos melhores que vi este ano.

Abraço