quinta-feira, julho 05, 2007

A Morte de Norrin Radd?


Longe vão os tempos em que Norrin Radd era apenas um cientista no seu Planeta Natal Zenn-la. No dia em que o seu Planeta foi ameaçado pelo Devorador de Mundos: Galactus, Norrin sacrificou a sua vida para salvar o seu planeta e o amor da sua vida Shalla-Bal. Embutido com o poder cósmico tornou-se no mensageiro de Galactus o Silver Surfer.
Surgiu nestes últimos meses a mais recente aventura do Surfista de nome "Requiem". Nesta estória Norrin encontra-se a morrer e tenta aproveitar o último mês de vida de que dispõe.
Mas antes de avançar para Requiem, regressemos um pouco atrás no tempo para vermos as mudanças mais recentes que têm ocorrido na vida deste herói.
Em termos de publicações a sua revista esteve cancelada de 1998 a 2003, ano em que regressou com as sagas "Communion/Revelation". Nesta série Norrin está a ajudar uma raça alienígena a raptar as crianças mais dotadas do Planeta, uma vez que este se encontra em perigo de ser totalmente destruído.
Muita gente não gostou da série devido à falta de acção, pois temos apenas um Surfer mais cerebral em busca de sabedoria durante as suas escolhas.














Apareceu posteriormente na saga "Cable & Deadpool". Quando Cable se tornou demasiado poderoso e perigoso para o Mundo, só havia um Ser com quem podiam contar para ajuda, o Silver Surfer!!!














Mais recentemente em 2006 Norrin regressou na saga épica "Annihilation".
Annihilus da zona negativa, reuniu um exército e despoletou a sua onda de aniquilação por todo o Universo. Esta onda de destruição aniquila tudo por onde passa, incluindo Planetas e consequentemente as suas civilizações.
Quando Galactus consumia um Mundo havia um propósito, um balanço no Universo, esta onda é simplesmente inconcebível e a fim de ajudar a parar este genocídio Universal Norrin Radd é obrigado a fazer uma escolha que jamais pensaria voltar a fazer.
Norrin Radd torna-se mais uma vez o "Herald" de Galactus. Mas desta vez muitos perigos se aproximam e Galactus decide aumentar ainda mais o poder do Silver Surfer.



























Na minisérie "Heralds of Galactus" que foca quatro "heralds", Terrax, Stardust, Firelord e o Silver Surfer, observamos na estória deste último o seu grande combate contra Aegis e Tenembrous. É de realçar que estas duas entidades foram libertadas em "Annihilation" tendo vencido Galactus e Norrin em combate.
Era virtualmente impossível que o Surfista fosse capaz de vencer estes dois, mesmo com o seu novo "upgrade", mas o impossível acontece quando o surfista decide usar as energias que criaram Aegis e Tenembrous para assim os destruir. Estamos a falar de energias do princípio do Universo e que iriam custar a vida do Surfista se Galactus não viesse em seu socorro e o regenerasse.
Finalmente chegamos ao livro que me trouxe aqui a mais recente saga do Silver Surfer - "Requiem".
No primeiro comic Norrin vêm até à Terra falar com Reed Richards sobre o seu novo estado. Após uns exames o Mr. Fantastic descobre que o corpo de Norrin se encontra a deteriorar e que este tem apenas um mês de vida.
Existem duas grandes visões do Surfer, uma é que ele é composto por poder cósmico a que para mim faz mais sentido e outra que defende que por baixo da sua pele prateada existe um corpo composto por órgãos e sangue (existem estórias em que o Surfer sangra). Em "Requiem" o autor optou por esta segunda versão, no entanto continua a fazer-me confusão ouvir o Reed dizer ao Surfer que eventualmente os seus pulmões e coração vão deixar de funcionar. Se o Surfista não necessita comer, beber, dormir, etc, que diferença lhe faz não ter órgãos? O Surfer foi criado para sobreviver e viajar no espaço a sua energia vem do cosmos.
Pormenores aparte, tem sido uma estória muito satisfatória e muito sensível. O Surfer está muito bem escrito, notando-se na personagem o seu lado filosófico e pacifista. A arte é também ela muito boa.
Agora sem arrependimentos, Norrin prepara-se para se despedir do seu Planeta adoptivo, a Terra para regressar a casa em Zenn-la, terminando assim a sua existência.
Existem algumas teorias sobre a morte do Surfer, há quem defenda que são os efeitos da sua luta contra Aegis e Tenembrous, apesar de ele ter sido "consertado" pelo Galactus. Há quem diga também que esta não é uma estória "oficial" (por "oficial" entenda-se que não segue a continuidade do Universo Marvel) mas sim uma versão "The End" do Silver Surfer ou simplesmente como Reed diz algures na estória, nenhuma máquina dura para sempre (apesar de o Surfer ter a capacidade de usar o poder cósmico para se curar).
A verdade é que nem sabemos cronologicamente em que altura ocorre esta estória uma vez que nos seus números mais recentes Norrin era novamente "Herald" de Galactus e em Requiem já não o é, o que pode ser um sinal que apoia a teoria de que esta não é uma estória "oficial". (No entanto Galactus já tinha afirmado em "Heralds of Galactus" que Norrin o iria trair novamente, decidindo então ter dois em vez de um "Herald" apenas).
Talvez as respostas sejam dadas no fim, talvez ele nem morra, a verdade é que no final do segundo livro o Homem Aranha afirma que a partir daquele dia, nunca mais o voltou a ver em toda a sua vida.
Agora é esperar pelo número 3 e 4. No final volto a dar notícias sobre esta estória.
Norrin Radd, The Silver Surfer, um dos heróis mais justos e serenos do Universo Marvel, mesmo para quem não gosta há que admitir este senhor tem estilo afinal de contas quantos Super Heróis voam de pé?

8 comentários:

Mauro disse...

Cada vez que cá passo, dá-me sempre vontade de ler uma bela banda-desenhada. Ando à espera da The dark tower do Stephen King, mas ainda não vi à venda, sabes quando é que aparece cá em Portugal? Sou grande fã de King e da Dark tower e assim que soube que tinham feito uma banda-desenhada sobre Roland de Gilead, o gunslinger, passei-me! Depois diz qualquer coisa.
Abraço

maurobindo disse...

Sem dúvida que o Surfer é o meu personagem favorito dos comics. Não há volta a dar quanto a isso. Após ler a tua bem estruturada análise, só posso concordar com tudo o que disseste.
Também fiquei algo confuso, mas parece que esta pode ser, afinal, uma história "não original" (Requiem), fazendo assim mais sentido. Tenho adorado Requiem, com um argumento "médio mais/bom" e um desenho extraordinário do Ribic (para mim uma das revelações e valores dos comics de hoje). Espero ansiosamente pelo #3.
Preciso de ler mais algumas estórias antigas do Surfer para ficar a conhecê-lo ainda melhor, para explorar a sua história.

Agora para o Mauro (já que partilhamos o mesmo nome), podes encontrar a saga de Sthephen King, por exemplo, na BdMania, no seu original escrito em inglês. Mas penso que qualquer loja de comics a tenha.

Abraços.

_Loot_ disse...

Mauro: Ainda bem é essa a ideia :)
Sobre o Dark Tower como o maurobindo já disse, encontras de certeza na BD mania, penso que a kingpin of comics também deve ter.
É possível, que a fnac também tenha, uma vez que o seu stock de BD anda a aumentar a olhos vistos, outro dia fui à do Chiado e está com imensas BDs, fiquei impressionado.
Não existe é edição portuguesa dessa BD (pelo menos ainda).

Maurobindo: Também gosto muito do surfer como dá para ver, mas prefiro o Batman :P
Eu também estou a gostar muito deste Requiem, uma visão sentimental e melancólica pelos olhos do Surfer.
Agora ainda temos de esperar 2 meses até terminar a saga, mas promete e o Ribic está muito bem sim senhor!!!



Abraços

celtic-warrior disse...

Tenho pena de me ter esquecido por completo deste comic e não o ter encomendado. Enfim, TPB required!

Bom artigo já agora :D

Ricardo disse...

É por isso é que gosto do teu blog. Mais cedo que tarde vais parar nos meus links!

_Loot_ disse...

Obrigado :D

Abraço

Bongop disse...

Olá Loot
O Surfista está dentro dos meus cinco preferidos e esta estória "Requiem", uma boa estória, está a deixar-me zangado , ora então vou ficar só com quatro favoritos???
Em relação a Annihilation ... é do melhor que se fez na Marvel nos ultimos anos, é a minha opinião !!
Abraço

_Loot_ disse...

Olá bongop

Mas independentemente da sua morte ou não, existirão sempre estórias sobre o Surfista e além do mais mortes em BD nunca impediram ninguém de regressar :P

Quanto a Annihilation gostei muito mais dos primeiros livros sobre o surfista, ronan e super skrull, do que do main event.

Abraço