sábado, maio 05, 2007

TMNT

Antes de mais quero manifestar o meu descontentamento com o facto de este filme não se encontrar em exibição na versão original em lado nenhum, pelo menos na zona de Lisboa.
Não tenho nada contra as dobragens de filmes de animação, apoio que se preocupem em torná-las cada vez melhores, mas se faz favor tenham pelo menos um local onde se possa ver a versão original, porque na dobrada não contem comigo, pelo menos não neste. Sim porque já vi versões dobradas e gostei, um caso foi o Rei Leão, agora que penso nisto acho que foi o único caso.
Felizmente eu vi este filme na versão original.
Este filme procura trazer de volta as versões das tartarugas dos comics, algo que os filmes anteriores também respeitavam (claro que como eu já disse no post dos Tops, nos comics os personagens são sempre mais violentos). O que me lembra que a estória deste novo filme segue a continuidade dos anteriores, ou seja, o Shredder está morto.


Após as aventuras dos filmes anteriores, com o tempo as tartarugas foram-se afastando umas das outras. Leonardo encontra-se há cerca de uma ano a treinar algures na América do Sul, Donatello arranjou um emprego como assistente técnico de informática, Michaleangelo entrou no negócio de animação de aniversários e Raphael tornou-se um vigilante de nome NightWatcher que protege a cidade dos criminosos, uma espécie de Punisher, só que ao contrário deste ele não os mata.
Quando um empresário milionário, Max Winters começa a reunir um exército de monstros as tartarugas vão ter de se unir uma vez mais se quiserem vencer e salvar mais uma vez a cidade, mas passado tanto tempo estarão os nossos amigos verdes prontos para combater lado a lado novamente?
Pessoalmente eu encarei a estória dos vilões do filme como um pretexto para se poder contar a reunião destes quatro mutantes. Ao contrário da maior parte dos filmes deste género o climax não é atingido na cena final mas antes na cena em que Raphael e Leonardo se encontram em cima de um telhado à chuva e resolvem os seus problemas e dilemas, no que é claramente a melhor cena do filme e que nos faz pensar "ainda bem que isto foi feito em CGI", sim porque os efeitos estão muito bons, desde as tartarugas até às gotas de chuva a cair-lhes em cima.


Quanto aos personagens, as quatro tartarugas estão muito bem e as vozes batem certo, estão perfeitas, infelizmente como a estória se centra no relacionamento do Raphael e do Leonardo, poucas são as aparições de Michaleangelo e principalmente de Donatello, mas felizmente as cenas com os outros dois são muito boas.
Como este filme segue a continuidade dos outros, podiam ter explicado o que aconteceu com April O´Neill, se nos anteriores era uma repórter, neste é uma ninja treinada e uma arqueóloga, mas sinceramente e citando os Mão Morta "o que é que isso interessa? Nada".
Casey Jones é que está bastante diferente, um anti-herói por excelência que aqui se encontra muito mais calmo, mas é uma mudança que até se entende, ele agora está junto com April, está portanto a começar a assentar. Continua a ser o grande amigo de Raphael e essa relação é bem demonstrada no filme.
O Splinter é que foi estranho ouvi-lo ao princípio, estava habituado a uma voz mais de sussurrar por causa dos filmes anteriores e dos cartoons. Aqui está com uma voz bastante mais grossa, mas uma pessoa depois habitua-se.
Gostei particularmente das músicas escolhidas para retratar determinadas cenas, nomeadamente quando o NightWacher está a lutar com um monstro num restaurante, ficou muito engraçado.


Concluíndo, longe de ser perfeito, "TMNT" é bom entretendimento e possui por vezes uma aura negra bastante interessante, que nos proporciona algumas cenas carregadas de sentimento. Imperdível para os fãs da velha guarda.
(E sim para aqueles que estão curiosos o Raphael sempre foi o meu favorito).

6 comentários:

Menphis_Child disse...

No Porto é igual, nada de filmes originais tudo com vozes portuguesas, será que é por causa dos nomes de Markl,Unas,Beja e Marco Horácio ?

celtic-warrior disse...

O Markl, o Unas, o Beja e o Marco Horácio são o Quarteto Fantástico!Melhor dobragem que eles não há!

_Loot_ disse...

Menphis: Acho que contribui, cada vez mais se nota uma preocupação em convidar determinadas pessoas apra as dobragens antes foi o Bruno Nogueira e os gato fedorento para o madagáscar, se por um lado atrai as pessoas por serem conhecidos por outro acredito que a qualidade também suba.
Independentemente disso acho que devia sempre haver uma sessão em versão original, afinal com o Shrek acontece isso e espero que não deixe de acontecer.

Celtic: Não vi a versão dobrada, nem estou a discutir a sua qualidade, apenas sou da opinião que devia existir sempre a versão original disponível.
Tenho uma certa curiosidade em ver a versão dobrada porque se é o Nuno Markl a fazer a voz do raphael a voz dele deve estar bastante diferente caso contrário não vejo resultar.
Mas admito ,eu sou daqueles "chatos" que gosta de ver tudo em original :P
Ah e as vozes na versão original são mesmo muito boas sem falar que existem piadas que não dá para traduzir.

Menphis_Child disse...

Concordo plenamente contigo, também vou sempre ver o original por gostar mais assim, mas também por causa dos miúdos que vão ver o filme, tenho de escolher um bom horário, e depois um lugar afastado da criançada porque senão estraga o filme todo.

Mas isto sou eu e como tenho um dia livre lá mais para o fim do mês e eles andam na escola sou capaz de ir ver nesse dia.

Anónimo disse...

Eu achei o NightWatcher,mais parecido com o Batman Azrael....

Abracos
Grimlock

_Loot_ disse...

Bem lembrado
O punisher veio-me à cabeça mas era apenas para enaltecer a postura anti-herói do Raphael e os seus métodos violentos de combate ao crime.

Abraço