domingo, maio 13, 2007

Spider-Man 3

...Ou porque é que o Sam Raimi não gosta do Venom?
Em primeiro lugar eu não sou fã dos filmes do Homem Aranha, desde criança que adoro a personagem e é sem dúvida um dos meus super herós favoritos (talvez o 2º ou 3º). Reconheço mérito nas adaptaçoes de Raimi, mas a verdade é que não me entusiamaram, pura e simplesmente não são o meu género. No entanto tenho uma relação tão próxima com este personagem que enquanto continuarem a sair filmes sobre ele, eu irei vê-los, afinal de contas se um amigo vosso tivesse participado num filme, vocês não iriam ver?
Um dos problemas que eu tenho com estes filmes é que todas as personagens têm mais probabilidade de nos fazer rir do que o próprio Homem Aranha e quem conhece as BDs sabe que o humor do Aranha é clássico, o homem é capaz de estar a levar na boca como gente grande e mesmo assim goza com a roupa do adversário. Tobey Maguire simplesmente não encarna um Peter Parker que eu goste (saliento o EU), não tenho nada contra o actor gostei bastante dele no "Wonderboys" por exemplo, mas em Spider Man simplesmente não existem momentos pérola como este:


Mas voltando ao filme. Existem sempre duas coisas excelentes com que podemos contar neles, uma é J.K. Simmons que interpreta um fabuloso J.J. Jameson e os muito bem vindos cameos de Bruce Campbell. Neste terceiro filme ainda se tem um presente extra, Bryce Dallas Howard. Esta mulher é linda, pode não aparecer muito no filme, mas fiquei encantado com ela.


A fórmula acaba por ser a mesma usada nos filmes anteriores (o esperado), o problema é que desta vez quer-se contar tanta estória em tão pouco tempo, que nenhuma delas acaba por ser bem feita.
Temos um Flint Marko (Sandman) bastante bom e humanizado por um fantástico Thomas Haden Church, um personagem que nos proporciona um dos melhores e mais sentimentais momentos do filme: o seu nascimento como Sandman. Mas de repente a meio do filme o personagem desaparece, a sua estória deixa de ser significativa e nem chega a ser devidamente explorada, para apenas no fim voltar a aparecer para poder participar num festival de efeitos especiais e numa conclusão pouco satisfatória.


Harry Osbourne regressa como o Duende Verde e tem os seus momentos, independentemente de serem demasiado previsíveis ou não, as suas escolhas finais acabam por fazer sentido. Infelizmente a cena do mordomo é que é mesmo má, completamente desnecessária e citando Diácono remédios: "Não havia necessidade".


O lado negro de Peter Parker também é a meu ver fracamente explorado, se por um lado parece que está a caminhar na direcção certa com um Peter agressivo, logo de seguida vemos o filme descambar para o ridículo. O que me lembra que ele sabia que o simbionte era um ser vivo, o que é que lhe passou pela cabeça em se ir embora depois de se livrar dele? O Aranha não ia deixar um ser vivo parasita à mercê de qualquer um, não fez sentido.


Este era o filme que ia trazer o supra-sumo dos vilões do Aranha, Venom é o vilão não clássico do Homem Aranha que se tornou clássico.
Não sei se no filme deu para perceber como o Venom aterroriza a mente de Parker, este é um vilão que conhece todos os seus segredos, pois o simbionte já esteve dentro da sua cabeça. Venom nem sequer "dispara" o sentido aranha, um dos meus poderes favoritos do personagem, mas que não é explorado no filme. Enfim, eu não pedia que o filme fosse idêntico à BD, mas podiam ter dado mais tempo de antena e importância à personagem de Venom. Alguém me disse que Sam Raimi não gosta desta personagem e depois de ver o filme, fez sentido. O seu final também teve um momento que não fez muito sentido.


Eu pensava que o filme ia agradar mais aos que não são familiarizados com a BD mas pelo que tenho lido em vários blogs parece que não é o caso. Por isso a todos os que quiserem ver um festival de efeitos especiais que porporcionam o devido entretendimento experimentem ver este filme, caso contrário aconselho a escolherem outro.

22 comentários:

Menphis_Child disse...

ainda não fui ver, estava cheio de vontade e li as criticas...perdi-a toda. fiquei sem vontade...

Kal El disse...

Eu ainda não fui ver apesar de ter gostado bastante dos dois primeiros.
Já li vários comentários do facto do Venom estar sub aproveitado. Ao parecer Sam Raimi não o queria usar neste filme ou não desta forma (os produtores é que queriam).

Há uma cena num comic do Spider Man fantástica, em relação ao humor. Basicamente é quando aparece um vilão qualquer chamado... não me lembro... Porcupine man? Ou é um que parece uma morsa ou um manatim? Não sei, só sei que o Spider Man ouve o nome do gajo e desata a rir-se. A forma como está desenhada a cena é fantástica. Tenho que ver se encontro isso por aí.

Kal El disse...

http://upload.wikimedia.org/wikipedia/en/3/30/Spidey_vs_walrus.jpg

RJ/KritiCinema disse...

Gostei do filme, como sabes... Mas também sinto um pouco a falta do belo humor-spider dos comics...

_Loot_ disse...

Menphis: O trailer é muito bom dá vontade de ver o filme a qualquer um. Mesmo assim houve muita gente que gostou do filme isto dos gostos é sempre relativo.

Kal El: O que me disseram é que Sam Raimi não gosta do personagem e não o queria usar, não sei se era só neste filme o que levanta a questão se vai haver mais filmes porque penso que o Sam Raimi só iria realizar 3. E se continuarem a fazer mais filmes será que o carnage é o próximo escolhido?

Não conhecia a estória que mostraste, fez-me recordar que ás vezes aparece com cada vilão na estória dos comics :P

RJ: Sim eu li a tua crítica, mas tava a ver que mais ninguém sentia falta do humor dos comics ;)
mas percebo que não precisa de ter isso para ser um bom filme eu é que sinto muito a falta disso.
Mesmo assim quando digo que não gostei do filme devo salientar que não é o mesmo não gostar de um daredevil ou ghost rider o spider man está muitos pontos à frente destes, mas eu prefiro de longe o que andam a fazer com os X-Men (excepto o 3) e o batman, falando de adaptações recentes.

Cumprimentos a todos

Kal El disse...

Os dois primeiros X-Men foram provavelmente o motivo que me fizeram começar a ler comics. Adorei as adaptações e as histórias. O Terceiro desiludiu-me porque foi num rumo completamente diferente aos dois primeiros e porque sub aproveitou algumas personagens (não houve Colossus vs Juggernaut pq O_o?). Mas se calhar foi o filme mais bem feito dos 3.

Como ainda não vi o spidey 3 não posso comentar sobre vilões. Correm rumores - http://www.freezedriedmovies.com/blog/index.php?/archives/64-Exclusive-Spider-Man-4-Villains-Revealed...-Already%21.html - que os vilões da quarta parte serão Carnage e Lizzard com a Black Cat a aparecer também. Mas isto são rumores.
É difícil comentar a inclusão do Carnage sem saber como é a história no Spider 3.

Tenho que ir ver o filme.

Kal El disse...

Já agora, duas coisas. Tive a ler os artigos no site relacionados com banda desenhada e gostei muito, parabéns. Reparei é que não fazes menção sobre The Watchmen. Será que já leste? Se não leste tens que comprar já hoje porque vais adorar.

Em seguida e como eu só ligo a banda desenhada há coisa de 1 ano mais ou menos, gostava que me fizesses uma compilação do que eu deva comprar. Isto é o que eu já tenho:

Wanted.
Atomika 1-7
Flight (a collection of short stories by a ton of artists, really fun)
Sin City: That Yellow b*****d / The Hard Goodbye / Familly Values
Wolverine: Netsuke
300
V for Vendetta
The Watchmen
Justice League of America: The Nail
Superman/Batman: SuperGirl
Batman: Gotham Adventures
Underworld Unleashed
Essential Punisher
Batman: Fortunate Son
Green Arrow: The Archer's Quest
Batman: Nine Lives
DC Universe: Stories of Alan Moore
B.P.R.D.: Hollow Earth and Other Stories

_Loot_ disse...

Watchmen é obra obrigatória para quem diz gostar de BD. Juntamente com Sandman são os meus livros favoritos de BD.
É verdade que ainda não escrevi nada, tinha planeado ser a BD que falava quando a "rua aos quadradinhos" completasse um ano mas nessa altura andava sem tempo e Watchmen exige toda a minha concentração, dedicação, e uma leitura extra. Mas é um texto que eventualmente irei escrever.

Bem se só começaste a ler BD à um ano e já tens esses livros todos é muito bom.
A tua lista tem livros que nunca ouvi falar (Atomika, Wanted), livros que ando pa arranjar há já algum tempo (Underworld Unleashed) livros que tenho aqui para ler quando tiver tempo (Batman: nine lives) e livros que venero (Watchmen, v for vendetta, 300, etc) :)

Todos os livros sobre os quais eu escrevi aconselho, execepto o Talismã que acho fraco, como digo no texto só mesmo para quem é fanático por esse tipo de estórias. (O Martian manhunter - the others among us também não é uma prioridade).

Assim de repente aconselho-te:

- Sandman, de Neil Gaiman, o problema é que são 10 volumes (mais 2 extra), ou seja, demora algum tempo a comprar. Se não fores conquistado pelo 1º volume não desistas muita gente que adora esta saga não é particular fã do 1º volume que é um livro que nos pretende apenas integrar e a partir daí é que segue a aventura, mas é importante e eu pessoalmente gostei.

Se gostas de Batman coloco aqui os meus favoritos:

- Asilo Arkham, de grant morrison e dave mckean é assombroso um clássico do homem morcego que de certeza te vai marcar.

- Year One, a influência de Miller em batman é fulcral e porque não começares pelo início, o renascimento de batman pelas mãos de Frank Miller

- Long Halloween, o melhor livro de Jeph loeb e Tim Sale, uma grande estória de detectives, podes lê-lo a seguir ao year one porque tem uma certa continuidade.

- Dark Victory também de Loeb e Sale, uma continuação de Long halloween, não tão bom como o anterior, mas vale bem a pena.

- Dark Knight Returns, como este livro não segue a continuidade de Batman também podes lê-lo a seguir ao year one. Aqui temos um Bruce Wayne de 40 anos que deixou de ser o Batman desde a morte de Robin (Jason Todd), um dos grandes clássicos também.

- Dark Knight Srikes Again – A continuação do anterior, também de Miller, é bom mas o anterior é muito melhor.

- Black & White – já falei dele aqui, magnífico.


- The Killing Joke, se gostas de Alan Moore não podes perder o livro que ele escreveu sobre Batman e que fala da origem do seu maior vilão The Joker.


Bem acho que exagerei nos títulos de Batman, mudando de assunto,

-Mystery Play, de Grant Morrison e Jon J. Muth

-WE3, também de Morrison e Frank Quitely

- Kill your Boyfriend (Morrison de novo)

De Neil Gaiman e Dave Mckean (uma dupla que adoro):

- Signal to Noise
- Mr. Punch
- Violent Cases
- Books of magic (este apenas de Gaiman)

- Da JLA lê o Identity Crisis a minha mais recente aquisição, foi uma bela surpresa.

- The Crow, de James O´Barr, não me podia esquecer deste clássico, a estória trágica de Erik Draven é um livro que todos os coleccionadores devem ter na prateleira.

- The Fountain, (o próximo rua aos quadradinhos é sobre ele)

- Se gostas de Wolverine (eu gostei do netsuke) lê a origem é muito bom não vais ficar desiludido. Já agora foi Frank Miller que teve a ideia de tornar Wolverine num samurai.

- se gostas continua a ler sin city, que é muito bom, como o A Dame to kill for, the big fatt kill, etc.

- Hellblazer (o constantine tem bastante estilo)

- Salazar, agora na hora da sua morte, ainda sou um principiante em BD nacional, mas tinha de aconselhar pelo menos uma, e esta é muito boa.

-Akira (a melhor manga que li até hoje, sublime)

Como o teu nick é Kal-El deves ser fã do Super, eu nunca li muito deste personagem, nunca teve livros que me atraíssem muito, mas dele posso aconselhar o:

-Kindom Come (os heróis já têm todos 60 anos)

-For the Man Who Has Everything, este é do grande Alan Moore.

Tenho aqui muita coisa para ler que ainda não posso aconselhar como Ronin (miller), The Filth (Morrison), From Hell (Alan Moore), etc. Espero que não tenha exagerado na lista, e quase de certeza que me estou a esquecer de alguns livros importantes, esta memória esquece-se quase sempre de algo importante, mas qualquer coisa também vamos falando sobre isto.
Se precisares de mais alguma coisa é só dizer.

Abraço

_lamy_ disse...

Posso dizer q fui ver o filme ontem, tb e...

houve partes q até me deram beca de sono!!:P

tem outros q me parecem bem conseguidas, algumas piadas do "spidey" e a arrogância do brooks e o grande JJ...

mas em conclusão é como o Loot ja disse...

fraquinho...fraquinho.. fraquinho e mtas falhas..

Kal El disse...

Ora bem. Vamos por partes:

Atomika é uma cena meia independente editada pela Mercury Comics. É num futuro alternativo em que a União Soviética domina e tem Deuses que protegem "the motherland". Um desses Deus é Atomika. Tava a curtir bastante, mas parece que estagnou à coisa de uns meses. Pelo menos, costumava comprar em Vigo numa loja de comics e eles deixaram de me enviar emails para eu ir buscar.

O Wanted é fantástico. É do Mark Millar e é um bocadinho diferente de qualquer coisa que eu conheça de comics. Totalmente anti herói. E vai ser adaptado a cinema. Comprei Hard Cover só porque gostei da capa hehehe e não me arrependi.

Underworld Unleashed é muito muito bom. Eu pelo menos adorei.

Justice League: The Nail é muito bom. É daquelas histórias alternativas que eu curto muito, que não fazem parte da "história principal" ou lá como se diz. Que basicamente não seguem o timeline.

Esqueci-me de um comic que tenho, que é o League of Extraordinay Gentlemen II. Tu deves ter com certeza e é absolutamente fantástico. Alan Moore...

Já adicionei todos os comics que mencionaste à minha wish list da amazon. Alguns eu tinha nomeadamente: Killing Joke e For The Man Who Has Everything. Tenho-os no compilatório de histórias DC do Alan Moore.

Também ouvi um colega meu de trabalho numa conversa extramamente nerd que tivemos a falar de uma história com o Martin Man Hunter em que ele perde completamente a cabeça de raiva e mata não sei quantos Marcianos (mas dos maus, acho eu) de uma forma mesmo brutal. Conheces isso? É que eu adorei a personagem do Justice League Unlimited (dos cartoons).

_Loot_ disse...

O "League of Extraordinay Gentlemen" ainda não tenho é uma das muitas pedras nos meus sapatos, até porque tudo que Alan Moore escreve merece ser lido, como sabes.

Agora ando atrás do underworld unleashed, mal posso esperar para lhe por as mãos em cima, não é neste livro que os vilões da DC vendem a alma ao diabo para aumentar o seu poder e o Joker vende-a por um maço de cigarros? Lindo, o Joker é excelente.

E vou também guardar os nomes dos livros que não conhecia para tentar arranjar.

Eu também gosto bastante do manhunter, apesar de ser dos membros mais mal tratados da liga (o único membro da liga original que não tem filme agendado).
Os Marcianos que falas são os Marcianos Brancos os inimigos dos marcianos verdes. Os Brancos perderam a guerra em Marte e foram presos fora do planeta, então quando existiu a praga que matou toda a raça Marciana, apenas sobrou o Martian Manhunter dos verdes, mas dos brancos sobraram muitos.
A estória que falas deve ser quando os eles atacam a Terra, mas não sei os números dos comics, vou tentar descobrir isso.
Existe também uma saga da JLA que acho que se chama "Trial of Fire", em que ele se transforma em Fernus e quase destói toda a JLA.
Outro livro que tenho dele é uma mini-série de 4 comics escrita por J.M. DeMatteis e desenhada pro Mark Badger, que fala sobre a sua origem, o desenho é meio esquisito mas a estória está gira, gostei particularmente do final.

Da JLA também tenho o Babel Tower, onde o Ra´s Al Ghul rouba os planos do Batman para destronar a JLA e no fim a equipa decide se o Batman deve ou não ficar na equipa, esta cena final é o melhor do livro.

Já agora, costumas comprar comics na Amazon não é? A que preço costumam ficar os livros já com gastos de envio incluídos?

Obrigado

Kal El disse...

Se viste o filme - League of Extraordinary Gentlemen - imagina algo completamente diferente. O filme nada tem a ver com a banda desenhada, mas nada mesmo.

Gostei muito de ler o Underworld Unleashed. Como sou novo nisto fiquei a conhecer um ror de personagens novas, maioritariamente vilões. E sim, o Joker troca a alma por um maço de cigarros. O resto dos vilões vendem a alma ao Neron para ficarem mais poderosos sim.
Entram em cena um monte de super heróis também.

Tens o Nine Lives guardado. É muito fixe, bastante original. Gostei de ler.

Exacto em relação ao Martian Manhunter. Já me falaram de ambas as histórias. Sendo até que algumas pessoas são da opinião que ele tem pelo menos o mesmo poder que o SuperHomem tem. Em comparação.

Os planos do Batman são os ficheiros secretos que ele tem em como derrotar qualquer membro da JLA né? Deve estar muito interessante essa história.

Kal El disse...

Em relação aos preços, sinceramente não te sei dizer.

Basicamente eu comprei no fim do ano, em duas promoções de fim de ano com os preços super reduzidos.
Gastei mais ou menos 150/200 dólares na amazon e uns 150 euros na play.com.

Sinceramente já não me lembro dos portes, mas é melhor fazer um grande pedido que pedir apenas uma coisita de nada.

Os comics foram 40% do que pedi. O resto foram livros, música e dvd's.

Play.com não cobra gastos de envio mas não manda para Portugal.

_Loot_ disse...

O filme da League é horrível, detestei, dizem que o Alan Moore não gosta de ver as suas novelas adaptadas ao cinema, bem depois dessa quem gostaria lol

Sobre o Martian e o Super é discutível, o Martian tem de facto os mesmos poderes que o super homem. mesmo assim penso que o super é mais forte, invulnerável e rápido, mas penso que essa diferença não é muito grande.
Se lutassem acho que o Martian perderia se só tivesse os poderes do super, mas ele tem muitos mais e por isso acho que vence, afinal de contas ele tem telepatia, consegue ficar intangível e invisível, tem completo controle molecular do seu corpo, já o vi por exemplo a regenerar a partir de uma célula (não é à toa que lhe chamam o canivete suíço dos super heróis).
O problema é que às vezes é mal escrito e inferiorizado, mas nas próprias palavras do superman o Martian Manhunter é dos seres mais poderosos na Terra e o último contra quem ele gostaria de lutar.

Sobre os ficheiros secretos é mesmo esse o livro, é engraçado porque todos os membros da Liga ficam a odiar o batman por ele os ter traído (todos menos o Martian Manhunter porque ele também já tinha feito o mesmo, lol).
Foi engraçado ver no final que as pessoas que votaram para o Bat ficar na liga foram justamente os meus membros favoritos da equipa.
Depois no fim a decisão final cai sobre o super e é um grande momento, a última página é fantástica e espelha bem a relação que o Bat e o Super têm um com o outro.

Kal El disse...

Como se chama o livro da história em que roubam os ficheiros ao Batman? Se souberes em inglês era tótil.

Se conseguires também descobrir o nome os os capítulos onde o Martian Manhunter destroi os marcianos maus, era doce.

Que livros deveria comprar para começar a ler sobre o Constantine para uma primeira vez? Eu vi o filme e gostei bastante. SEi que as pessoas não gostaram do Keanu, mas eu não tenho termo de comparação entre ele e a personagem porque nunca li nada. Mas, por onde começar?

_Loot_ disse...

O dos ficheiros é fácil porque eu tenho-o é o "JLA - Babel Tower".
Só uma pequena atenção, não sei se sabes mas todos os Marciados têm uma fobia ao fogo, ao nascerem é-lhes imbutida, ou qualquer coisa assim, a ver com o deus do fogo. Na saga trial of fire ele perde essa fobia, mas neste livro ele ainda a tem.

A luta do Martian Manhunter com os White Martians, é que tá a ser mais dificil de descobrir do que eu pensava.

Parecendo muito óbvio diria até para começares pelo princípio a ler Constantine (a sua revista chama-se Hellblazer e não Constantine como no filme).
Uma outra maneira é lendo o "Nas Ruas de Londres" existe a edição portuguesa da devir, mas também existe em inglês. É um bom livro porque reúne vários tipos de estórias diferentes do personagem e dá para teres uma noção.
Já viste alguma vez a série de Tv sobrenatural? o Hellblazer é 100 vezes melhor.
Ah e não sei se sabes foi o Alan Moore que criou o Constantine, num comic do "Swamp Thing" (mas não é ele que escreve a sua saga).

Kal El disse...

Sim, sabia isso dos Marcianos e da saga Trial of Fire.

Ok, basicamente entao devo arranjar o Hellblazer desde o volume 1. Okay. Vou ver se arranjo pelas internetes.

Sim, já vi sobrenatural. É engraçadito mas nao me cola. O que me cola é Heroes. Simplesmente fantastico...

Sim, por acaso sabia que o Alan tinha criado o John Constantine num comic do Swamp Thing. O Swamp Thing também é uma personagem que eu gosto bastante. Arranjei o "Straight to Video" filme que fizeram do Swamp Thing (tb produzido pelo Avi Arad) e estava okay.
Já agora, gosto mt da personagem hulk e "GASP!" gostei bastante do filme. Mas também gostei bastante do Daredevil.

Acho que o único filme de comics que nao gostei foi mesmo a Elektra.

_Loot_ disse...

Lembrei-me do sobrenatural mais para comparação também não lhe acho muita piada, penso sempre, uma série do constantine é que era.

Heroes já gosto bastante e para a semana é o último episódio!!!

Não conheço o filme do Swamp Thing, lembro-me é de ver uns desenhos animados há muitos anos, que ia jurar que eram sobre o swamp thing.

O hulk que foi altamente
influenciado pelo Frankenstein, nunca foi dos meus favoritos, mas tem coisas interessantes como a que estou a ler de momento "Hulk Gray". Quanto ao filme eu gostei achei uma forma interessante e diferente de abordar o personagem.
Já o daredevil nem por isso, não gostei do filme.
A elektra ainda não vi mas até agora só ouvi uma opinião boa sobre ele. Mas mesmo não tendo visto tenho ideia que a maior aberração que para aí anda é o filme Catwoman com a Halle Barry, mas esse para mim nem conta como a daptação de comics aquela não é a Selina kyle, apenas baseada nela.

Filipe Sá disse...

E pois é, o Catwoman. Eu acho que esse filme se auto apagou da minha memória e agora trouxeste-o à baila outra vez. Nunca mais vou conseguir dormir. Hehehehe

Catwoman consegue ser pior que o Elektra.

_Loot_ disse...

Não era minha intenção :P
Mas aparenta ser mesmo daqueles filmes em que basicamente pegaram em uma hora e meia da nossa vida e a deitaram fora.

Anónimo disse...

A luta da LJA com os Marcianos Brancos esta neste tpb Kal-el.

JLA VOL. 1: NEW WORLD ORDER

Written by Grant Morrison; Art by Howard Porter and John Dell

"In this trade paperback, the world's most classic heroes reunite to stop the world's newest champions. Posing as a new group of super-heroes, the Hyperclan have descended upon Earth, convincing everyone that they are a benevolent force. But as their true nature and plans come to light, only the World's Greatest Heroes can stop them. Standing side by side, Batman, Superman, Wonder Woman, Aquaman, the Flash, Green Lantern, and the Martian Manhunter take on the alien posers and come to realize that Earth needs a protectorate made up of only the most mighty of icons.

DC Universe | 86pg. | Color | Softcover | $7.99 US | ISBN 156389369X"

Eu sdei porque ja o tenho,espero ter ajudado.

Abracos
Grimlock

_Loot_ disse...

Claro que ajudaste, além do livro até avisaste o preço.

Não sabia que tinha sido escrito pelo Grant Morrison, afinal ainda promete mais.

Muito Obrigado Grimlock

Abraço